Em clima de férias, Cruzeiro duela com 'esperançoso' Vasco no Mineirão

Já classificada para a Libertadores, Raposa recebe Gigante da Colina, que ainda sonha com vaga na principal competição do continente em 2018

Em clima de férias, Cruzeiro duela com 'esperançoso' Vasco no Mineirão
Henrique encara Elber. No primeiro turno, Raposa superou o Cruzmaltino por 3 a 0 em Volta Redonda (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)
Cruzeiro
Vasco da Gama
Cruzeiro: Rafael; Lennon, Léo, Digão (Murilo), Bryan; Henrique, Lucas Romero (Lucas Silva), Thiago Neves, Alisson, Robinho; Arrascaeta; TEC: Mano Menezes.
Vasco da Gama: Martín Silva; Madson, Paulão, Anderson Martins, Henrique; Evander (Jean), Wellington, Pikachu (Wagner), Paulinho, Nenê; Andrés Ríos; TEC: Zé Ricardo.
ÁRBITRO: Raphael Claus - SP (FIFA); auxiliado por: Emerson Augusto de Carvalho - SP (FIFA) e Alex Ang Ribeiro - SP (CBF). Adicionais: Rodrigo Ferreira do Amaral - SP (CBF) e Vinícius Furlan - SP (CBF).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A, edição de 2017, a ser realizada às 17 horas (de Brasília) neste domingo (26), no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Aproximando-se da última curva do Campeonato Brasileiro, Cruzeiro e Vasco da Gama vivem opostos momentos na competição. Na corrida para fechar bem o ano, a Raposa foi eficiente e “deu voltas” nos adversários, já estando classificada para a próxima Libertadores, competição que o Vasco almeja conquistar vaga ao fim das 38 longas rodadas. E no clima de decisão, o Gigante da Colina sabe que apenas a vitória sobre os mineiros, na tarde deste domingo (26), às 17h, no Mineirão, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, pode interessar.

Vindo de empate fora de casa diante do Vitória, o Cruzeiro, que já vive uma fase mais leve, terá que, diante da própria torcida, retomar os triunfos, mesmo com um time desfalcado em diversas posições. Já o Vasco da Gama, que foi derrotado pelo Atlético-PR na última rodada, por 3 a 1, em Curitiba, terá de se reinventar para bater os mineiros em Belo Horizonte e seguir firme na luta por vaga na competição de elite Sul-Americana.

Raphael Claus, de São Paulo, apita o confronto. Para seu auxílio, Emerson Augusto de Carvalho e Alex Ang Ribeiro foram os selecionados. Como adicionais de linha de fundo, Rodrigo Ferreira do Amaral e Vinícius Furlan são os nomes. Todos, a exemplo do árbitro principal, são paulistas.

Fábio e Galhardo estão fora; Neves e Robinho retornam

A equipe cruzeirense terminou a preparação para o duelo contra o Vasco, com pelo menos duas novas baixa. Trata-se do goleiro e ídolo celeste, Fábio. O jogador ficará fora do grupo de relacionados por opção da Comissão Técnica do Clube. Rafael, seu reserva imediato, será o arqueiro. Outro nome que confirmado fora é o de Galhardo, afastado por uma lesão na coxa.

Os atletas se juntam ao extenso grupo de jogadores afastados por alguma lesão no Cruzeiro. A lista inclui Jonata, afastado por um corte no supercílio, Sobis, que se recupera de uma pancada na coxa, além de Ezequiel, Manoel, Dedé, Raniel, Sassá, Ariel Cabral e Hudson, com lesões diversas e Diogo Barbosa, que foi negociado com o Palmeiras e não atua mais com a camisa do Cruzeiro.

As boas notícias são os retornos de Thiago Neves e Robinho, que cumpriram suspensão na última partida e retornam ao time neste domingo. Murilo ainda é uma incógnita, já que o jogador sentiu um incômodo muscular e ficou fora do último treinamento. Contudo, o atleta foi relacionado e caso nada se altere, deverá ir para o jogo. Mas, se por ventura, o DM vetá-lo, Digão será seu substituto.

Vasco mira jogo livre de erros para bater Raposa

Ocupando apenas a nona colocação, com 50 pontos, o Vasco depende da vitória e de alguns resultados para figurar entre os sete primeiros ao fim da competição e para isso, sabe que deverá entrar em campo evitando erros e bobeiras, para bater os dois adversários que restam e confirmar vaga na Libertadores.

Contudo, Breno, que vinha sendo titular e essencial nos bons números defensivos do time, ficará de fora por um problema físico. O zagueiro pediu para sair na última partida alegando um desconforto no joelho esquerdo. Após exame médico, foi constatada uma lesão no menisco, com correção por método cirúrgico, deixando o jogador fora, provavelmente, das duas rodadas restantes, a exemplo de Luís Fabiano, que não conseguiu uma recuperação aceitável após sua cirurgia também no menisco e só retorna em 2018.

Mas, para a alegria dos fãs da Cruz-de-Malta, Anderson Martins, defensor que vinha fazendo dupla com Breno, retorna à equipe após se recuperar de lesão muscular. Ele deverá compor o comando de zaga da equipe de São Januário com Paulão, atleta que vem atuando bastante devido às lesões dos companheiros.

Zé Ricardo tem dúvidas apenas no meio campo, onde Jean e Evander disputam uma vaga. O primeiro tem características mais conservadoras, marca melhor, compõe bem a cabeça de área, mas peca na caída de bola, ponto forte da jovem promessa, que sabe sair jogando com a bola nos pés e já provou ser uma ótima arma a médias e longas distâncias, após o golaço marcado na vitória sobre o Santos, na Vila Belmiro. Já nas outras posições as escolhas do treinador vascaíno deverão ser as mesmas.