Suspenso contra Botafogo, zagueiro Léo encerra temporada de atuações sólidas no Cruzeiro

Jogador não enfrentará o Glorioso na última rodada do Brasileirão 2017

Suspenso contra Botafogo, zagueiro Léo encerra temporada de atuações sólidas no Cruzeiro
Léo foi parte do sólido sistema defensivo que ajudou o Cruzeiro a conquistar o Penta da Copa do Brasil (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

O zagueiro Léo já “adiantou” as férias. O jogador tomou o terceiro cartão amarelo na derrota diante do Vasco, no último domingo (26), e está suspenso para a rodada final do campeonato, onde o Cruzeiro pega o Botafogo, no Rio de Janeiro. Porém, apesar de não estar na partida final da temporada, o zagueiro tem sim o que comemorar: 2017 para ele foi de titularidade e consolidação como uma das forças do elenco.

Mas vale lembrar que nem sempre o zagueiro teve tanto prestígio na Raposa. Em temporadas anteriores, Léo chegou a ser a quarta opção para a zaga, sendo preterido por Dedé, Manoel e Bruno Rodrigo. Em 2016, onde o clube viveu dia turbulentos, o defensor chegou a ficar sem espaço com o técnico Paulo Bento, que permaneceu no clube entre maio e julho de 2016. As informações davam conta de que o jogador não seguiria na Raposa se dependesse do português. Contudo, a saída do comandante mudou o seu futuro.

Último jogo de Léo em 2017 foi diante do Vasco, no Mineirão (Foto:Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)
Último jogo de Léo em 2017 foi diante do Vasco, no Mineirão (Foto:Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Nesta temporada, Léo atuou na maioria dos jogos ao lado do novato Murilo. Juntos, os dois deram a segurança exigida por Mano Menezes e trouxeram solidez ao sistema defensivo do Cruzeiro. Tiveram como coroação a conquista da Copa do Brasil, a quinta do clube. No brasileirão, os dois apresentam juntos um aumento de produtividade considerável, e o bom desempenho dos dois faz com que a Raposa tenha atualmente a quarta melhor defesa da Série A, ao lado do Flamengo, com 37 gols

O experiente zagueiro nunca figurou na lista dos preferidos da torcida celeste, mas aos poucos foi colocando seu nome na história do clube. Leo chegou ao Cruzeiro em setembro de 2010. O defensor fez parte dos elencos campeões do Campeonato Mineiro de 2011 e 2014 e do Campeonato Brasileiro de 2013 e 2014 e agora da Copa do Brasil de 2017.

O jogador tem mais de 270 partidas pelo clube e é o terceiro. Léo ainda mais um ano de contrato com o clube e já tem objetivo definido: ser campeão da Libertadores. “Conquistar a Libertadores ainda é um objetivo como profissíonal, para ir ao Mundial de Clubes. Isso, com certeza, marca a carreira” disse o defensor ao site do clube, quando questionado sobre o que ainda gostaria de conquistar com a camisa do Cruzeiro.