Presidente do Cruzeiro nega especulação sobre o atacante Fred

Wagner Pires de Sá, mandatário do clube celeste, afirma que clube "olha todos os jogadores", comenta contratação de Bruno Silva e negociação envolvendo Hudson

Presidente do Cruzeiro nega especulação sobre o atacante Fred
Foto: Divulgação

O Cruzeiro está em busca de reforços para a temporada de 2018, e um dos nomes que vem sendo ventilado no clube mineiro é o do atacante Fred, ex-jogador do clube e que atualmente defende o seu grande rival, Atlético-MG. O artilheiro defendeu o Cruzeiro nos anos de 2004 e 2005, quando foi vendido para o Lyon, da França.

Apesar da especulação, o atual presidente do clube, Wagner Pires de Sá, afirmou que nenhuma proposta foi feita por parte do clube e que a única oferta concreta pelo atacante foi feita pelo Flamengo.

"Não é monitorando... nós olhamos todos os jogadores brasileiros. A única proposta firme que eu vi sobre o Fred foi a do Flamengo. Nós não fizemos proposta ao Fred em hora nenhuma, até porque qualquer coisa teria que se falar antes com os dirigentes do Atlético-MG. Não procede essa notícia", afirmou o novo presidente do Cruzeiro.

O presidente ainda comentou sobre os outros reforços que estão sendo especulados no clube. De acordo com ele, apenas o volante Bruno Silva, que atualmente defende o Botafogo, está em conversas adiantadas com o clube e praticamente acertado.

"A imprensa tem especulado sobre vários nomes. Com certeza, adiantado, só temos a conversa que vinhamos mantendo há algumas semanas atrás com o Botafogo. O Bruno Silva está praticamente acertado, existe apenas uma questão de fluxo de caixa. O Botafogo quer uma data e nós estamos vendo se podemos combinar essa data. O resto é de fato especulação. Nós tivemos olhando o Fernandão, o Itair Machado, que é o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, andou sondando. Os demais são especulação", disse.

Wagner ainda comentou sobre o caso do volante Hudson, que pertence ao São Paulo e o clube celeste quer contar com o jogador para 2018. De acordo com o presidente, alguns atletas foram oferecidos ao tricolor na negociação, que está em andamento.

"Foi feita uma proposta ao São Paulo, oferecemos alguns jogadores ou fazer um abatimento nos valores que teríamos que dar para ficar com o Hudson, de acordo com o contrato, que é até o dia 31 de dezembro. Nós estamos preocupados com o nosso orçamento, os valores do Hudson, cheios, para nós é muito complicado. Então, acredito que se o São Paulo nos der um resposta adequada sobre esse abatimento, seria um reforço excepcional para o Cruzeiro. É um ótimo jogador, fez uma temporada excelente, mas estamos presos no orçamento", completou.