Thiago Neves deixa metas pessoais de lado, foca no coletivo e projeta: "Quero Libertadores"

Meia do Cruzeiro ainda comentou sobre disputa com Arrascaeta por posição na Raposa e vontade de ser garçom de Fred

Thiago Neves deixa metas pessoais de lado, foca no coletivo e projeta: "Quero Libertadores"
Foto: Rafael Ribeiro/Light Press/Cruzeiro

Principal nome do Cruzeiro em 2017, o meia Thiago Neves estabeleceu na última temporada uma meta pessoal: 20 gols e 15 assistências. Apesar de não ter alcançado esse objetivo, chegou perto ao anotar 17 tentos e dar 14 passes para conclusão a gol. Para este ano, segundo o camisa 30, nada de projeção particular. Thiago almeja, sobretudo, conquistas coletivas.

"As metas esse ano são os títulos. Meta pessoal vou deixar um pouco de lado. Quero ser campeão da Libertadores, do Mineiro, que tem alguns anos que o Cruzeiro não ganha. Essas são as minhas metas. O que der para ganhar, esse será meu foco principal”, afirmou o meia, lembrando que o time celeste não vence o Estadual desde 2014.

O Cruzeiro iniciou o ano com um elenco de qualidade. A Raposa perdeu poucas peças na passagem das temporadas, além de se reforçar pontualmente. No calendário de 2018, a disputa da Libertadores colocará à prova a força desse grupo, que tem bons nomes para todas as posições.

"Tem que ser assim. É bom que o grupo esteja assim mesmo, com dois, três jogadores em cada posição para você disputar. Isso mexe com a gente. Não quero ficar no banco esse ano, com as competições que vamos disputar, com Libertadores pela frente", afirmou.

Titular da equipe, Thiago tem a sombra do camisa 10, Arrascaeta. Embora exista a possibilidade de que joguem juntos, ambos disputam posição no meio-campo celeste. "Quero jogar, mas tem o Arrascaeta que está voando, que está querendo jogar. Isso é bom, me motiva para estar melhorando a cada jogo, a cada treino. Para ele também. Então é assim com todos aqui. Quem tem a ganhar é só o Cruzeiro. Vamos precisar de todos bem”, completou Thiago.

Se Thiago Neves foi o grande destaque da Raposa em 2017, um outro nome pode tomar os holofotes da equipe em 2018. Contratado no fim do ano passado, o atacante Fred é a grande promessa de gols da equipe para esta temporada, mas ainda não o fez nas duas oportunidades que teve - contra Tupi e Caldense. O meia comentou sobre isso e afirmou que quer ser o garçom do primeiro tento do camisa 9 em seu retorno à Raposa.

“Estamos todos ansiosos. Quero dar a primeira assistência para o gol dele. Robinho também. Está todo mundo pensando no gol dele. Mas não podemos atropelar as coisas. Não podemos querer tocar em uma bola no momento em que você pode fazer o gol, finalizar. Não podemos ficar pensando só no gol no Fred e esquecer que você mesmo pode decidir uma partida. Tem que ser com calma", salientou.

Thiago Neves e seus companheiros terão um compromisso na próxima quarta (24), às 21h45, no Mineirão. A Raposa vai receber o Uberlândia pela terceira rodada do Campeonato Mineiro. Atualmente, a equipe celeste ocupa a terceira posição do Estadual, com quatro pontos - assim como o líder Atlético-MG.