Mancuello é inscrito no BID e pode estrear pelo Cruzeiro em clássico contra América

Em concordância com as projeções de Mano Menezes, que esperava contar com o meia para o duelo do próximo domingo (4), argentino está apto para jogar contra Coelho

Mancuello é inscrito no BID e pode estrear pelo Cruzeiro em clássico contra América
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Mais um reforço do Cruzeiro já está apto a estrear pela Raposa. O nome do meia Mancuello foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF nesta terça (30), o que torna o argentino em condições de jogar com a camisa celeste. O próximo compromisso da equipe será contra o América-MG, no domingo (4), pela quinta rodada do Campeonato Mineiro, às 17h, no Mineirão.

O meia foi o último reforço anunciado pelo Cruzeiro nesta temporada. Aos 28 anos, estava no Flamengo desde o começo de 2016, de onde saiu para defender a Raposa. Além de Mancuello, o clube mineiro anunciou também os atacantes Fred e David, os laterais Marcelo Hermes, Egídio e Edílson e o volante Bruno Silva.

Apresentado, Mancuello comenta sobre decisão de acertar com Cruzeiro: "Não tive dúvida"

Na transferência, a diretoria mineira ficou de pagar 1,8 milhão de dólares (5,8 milhões de reais) por 60% dos direitos do meia, que assinou por três anos. O Cruzeiro já depositou parte desse valor na última segunda (29), uma quantia de 2,4 milhões de reais.

Na última semana, o técnico Mano Menezes já havia projetado a estreia do argentino para o clássico contra o Coelho. Na ocasião, o Cruzeiro estava se preparando para o jogo frente ao Tombense, vencido pela Raposa por 2 a 1. Além de Mancuello, outros nomes ainda não estrearam, como o lateral-esquerdo Marcelo Hermes e o atacante David, lesionado.

"O Mancuello vai ter condições, na nossa avaliação, de estrear no jogo seguinte na nossa casa [frente ao América-MG]. Certamente não vou utilizá-lo em Ipatinga, contra o Tombense. Ele chegou depois. São atletas que temos que ter cuidado, cuidado que temos com o Marcelo Hermes. Eles chegaram em uma condição diferente dos outros. Essa preocupação que, quando entrarem, entrem bem", disse Mano Menezes na semana passada.