Em últimas cartadas contra o rebaixamento, Figueirense recebe irregular Corinthians

Podendo ser rebaixado matematicamente no fim da rodada, Figueirense precisa da vitória no Scarpelli; Timão volta à campo após sofrer goleada em clássico

Em últimas cartadas contra o rebaixamento, Figueirense recebe irregular Corinthians
Figueirense e Corinthians empataram no primeiro turno, jogando no Itaquerão. (Foto: Divulgação/Corinthians)
Figueirense
Corinthians
Figueirense: Gatito Fernández; Ayrton, Marquinhos, Werley e Pará; Josa, Jackson Caucaia, Ferrugem e Elvis; Rafael Moura e Lins. Técnico: Marquinhos Santos
Corinthians: Walter; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo Santos e Guilherme Arana; Giovanni Augusto, Camacho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Lucca. Técnico: Oswaldo de Oliveira
ÁRBITRO: Anderson Daronco (RS) apita a partida, auxiliado por Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
INCIDENCIAS: 35ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. A partida ocorrerá no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC) e terá início ás 21h45

São dois times com situações diferentes, mas ambos necessitam da vitória. É assim que pode ser visto o duelo entre Figueirense e Corinthians, que ocorrerá nessa quarta-feira (16), às 21h45, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). 

Enquanto a equipe alvinegra precisa dos três pontos para se manter vivo na briga para escapar do rebaixamento para a Série B, o Corinthians quer vencer para voltar ao G-6 e continuar lutando por uma vaga na Libertadores da América. Objetivos diferentes, mas preocupações não muito distintas.

Ambas os times vêm de derrotas em clássicos da rodada passada. A equipe do Figueirense foi derrotada pela Chapecoense por 1 a 0, na Arena Condá. Já o Corinthians foi goleado pelo São Paulo por 4 a 0, no Morumbi. Derrotas que abalaram os torcedores de Figueira e Timão, mas que devem ser esquecidas dentro de campo. 

Elenco do Figueira busca motivação

Sem vencer há sete jogos na Série A do Campeonato Brasileiro, e com risco grande de ser rebaixado ao fim dessa rodada, o Figueirense tenta esquecer as últimas partidas e voltar com força máxima para o jogo contra o Corinthians. Um dos que pensa assim, é o zagueiro Werley, que ainda acredita numa reação da equipe catarinense.

"Eu acho que a sequência, você não conseguir ganhar jogos em sequência (atrapalhou no Brasileiro). Alguns confrontos diretos na nossa casa. O Coritiba que nós empatamos, perdemos para o Cruzeiro, o América também um jogo que estava ganho, mas agora não temos que apontar, mas de arrumar solução. Vamos ter o jogo contra o Corinthians, que é o jogo da nossa vida e depois o Vitória. Pelo que a gente vem jogando, o jogo que fizemos contra a Chapecoense, mesmo com um a menos, nos dá esperança de sair dessa situação. Temos que correr atrás", disse o atleta.

O treinador Marquinhos Santos terá muitos desfaques para a partida contra o Corinthians. O meia Bady, assim como Rafael Silva e Pedroso, estão suspensos e não entrarão em campo nessa quarta-feira. Preocupações também estão vindo do Departamento Médico, já que Dodô sentiu um desconforto na coxa e Ermel segue lesionado.

Marquinhos comentou sobre a lesão de Dodô e sobre os jogadores que podem vir substituí-los: "O Dodô foi cortado da relação. Ele não melhorou. Ele está cortado. Temos opções e trabalhamos situações quanto à parte tática, que se mostraram necessárias senão no início da partida, no decorrer dela. As dúvidas passam justamente por ter a presença do Elvis ou Matheuzinho. Ou do próprio Dudu, que tem evoluído no dia a dia. Talvez a gente dê oportunidade a esses atletas. Senão agora, mas no decorrer da partida. São atletas que estão amadurecendo", disse o comandante.

O goleiro paraguaio, Gatito Fernandéz, também poderá entrar em campo diante do Corinthians. No momento, ele está servindo a seleção paraguaia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, mas se voltar com condições físicas de jogo, o Figueirense irá mandar um ofício à CBF para liberar o goleiro.

Caso o Figueirense perca a partida para o Corinthians, o Vitória vença o Santos e o Coritiba derrote o Santa Cruz, a equipe alvinegra estará matematicamente rebaixada para a segunda divisão nacional. No momento, o Figueira é o 18º colocado com 33 pontos ganhos.

O sonho ainda não acabou para o Timão

A preocupação em cima do Corinthians também vem crescendo nas últimas partidas. Sem vencer há três rodadas, o Timão vem caindo muito de rendimento e em posições na tabela de classificação, apesar de ainda ter boas chances de buscar uma classificação para a Libertadores da América.

Para o atleta Marquinhos Gabriel, é extremamente importante que o Corinthians não deixe a vaga no G-6 escapar e garante que o elenco corintiano está sendo pressionado por isso: "A pressão é diária no Corinthians. A cada dia ela é maior. Precisamos dessa vitória de qualquer maneira. O Oswaldo tem conversado muito conosco. Vamos para lá com o pensamento total nessa vitória", disse o jogador.

Oswaldo de Oliveira espera contar com um jogador importante para o Corinthians: o lateral Fagner, que está com Tite disputando as Eliminatórias da Copa do Mundo, mas que não está sendo muito utilizado. Dessa forma, se voltar com condições de jogo, o atleta pode começar jogando de titular contra o Figueirense.

Oswaldo de Oliveira está confiante de que poderá contar com Fagner: "Ele tem muita chance, estamos na expectativa. Risco não vejo muito. Provavelmente ele não vai iniciar o jogo na Seleção, e normalmente lateral não é uma opção de substituição. Ele vai ter o desgaste da viagem, e, chegando, vamos analisar a situação para ver o possível aproveitamento do jogador", disse o treinador.

Porém, Oswaldo também terá desfalques. O atacante Romero e o zagueiro Balbuena, que está com a seleção do Paraguai, estão jogando constantemente por lá e só retornarão ao Brasil na quinta-feira. Pensando nos desfalques, inclusive no de Fagner, que ainda é dúvida, o comandante corintiano escalou alguns jogadores jovens para compor o time titular.

Léo Principe pode ficar com a vaga de Fagner, na lateral. Pedro Henrique ficará com a vaga de Balbuena e formará dupla com Léo Santos, outro garoto que veio da base. Guilherme Arana compõe as laterais e Walter retorna ao gol. Atualmente, o Corinthians é o 7º colocado com 50 pontos, estando apenas à um ponto do G-6. Caso vença a partida, respirará na tabela e ganhará confiança para os próximos jogos.