Com arbitragem confusa, Flamengo supera Sport pelo placar mínimo

Mostrando muita disposição no começo do jogo, Rubro-Negro precisou de apenas um gol para sair com a vitória na rodada de abertura do Brasileirão

Com arbitragem confusa, Flamengo supera Sport pelo placar mínimo
(Foto: Flamengo / Divulgação)
Flamengo
1 0
Sport
Flamengo: Paulo Victor; Rodinei, Leo Duarte, Juan, Jorge; Cuellar, Willian Arão, Mancuello (Allan Patrick, min. 37/2ºT); Emerson Sheik (Marcelo Cirino, min. 21/2ºT), Guerrero (Ederson, min. 28/2ºT) e Everton.
Sport: Magrão; Samuel Xavier, Oswaldo Henríquez, Durval, Renê; Rithely, Gabriel Xavier, Mark Gonzalez (Serginho, min. 04/2ºT), Diego Souza, Lenis (Túlio de Melo, min. 39/2ºT) e Vinícus Araújo (Neto Moura, min. 29/2ºT).
Placar: 1-0, min. 05/2ºT - Everton.
ÁRBITRO: MARCELO APARECIDO DE SOUZA (SP) - Advertidos: Guerrero (min. 15/2ºT), Emerson Sheik (min. 18/2ºT), Samuel Xavier (min. 43/2ºT) Expulso: Rithely (min. 01/2ºT)
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 1ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2016, A SER DISPUTADA NO ESTÁDIO RAULINO DE OLIVEIRA.

Na tarde deste sábado (14), o Flamengo recebeu o Sport, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. A equipe carioca venceu a partida por 1 a 0, com gol de Everton.

A vitória deixou o time de Muricy Ramalho momentaneamente na segunda posição na tabela, atrás do Palmeiras, e afastou os ares de crise que rondavam o clube. O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (18), na partida de volta pela Copa do Brasil, contra o Fortaleza, no mesmo estádio.

Com a derrota, o time pernambucano fica na 19ª colocação de forma momentanea. A equipe treinada por Oswaldo de Oliveira retorna a campo pelo Campeonato Brasileiro, no próximo domingo (22), recebendo o Botafogo, às 18h30, na Ilha do Retiro.

Everton marca o primeiro gol do Brasileirão e deixa Flamengo em vantagem

A partida começou com o Flamengo tomando a iniciativa, porém, encontrando dificuldades em passar pela defesa do Sport. Na primeira chegada com perigo, o time carioca abriu o placar, aos 5 minutos, Rodinei avançou pela direita e cruzou rasteiro, para Everton com a ponta do pé esquerdo, desviar para dentro, no contra-pé de Magrão. O gol marcado, deu o time de Muricy Ramalho controle sobre a partida, pressionando bastante o adversário.

O time do Flamengo estava bem postado em campo, tanto ofensivamente, quanto defensivamente, conseguindo se defender das tentativas de ataque do Sport e assustando nos contra-ataques. O time pernambucano porém, começava a ganhar espaço e se aproximava aos poucos da área adversária.

O time de Muricy Ramalho tirou o pé do acelador e o Leão da Ilha começou a ter mais volume ofensivo na partida, levando perigo ao gol de Paulo Victor, principalmente com Diego Souza e Mark Gonzalez. O time do Sport tentava, sem sucesso, muitas bolas alçadas alçadas em direção a área do Flamengo.

Na parte final, o time carioca, apesar da vantagem tinha dificuldade de criar e penetrar na defesa do Sport, que se defendia bem das tentativas do Flamengo. A equipe de Oswaldo de Oliveira diminuiu o ritmo e não levou mais perigo, até o fim do primeiro tempo.

Flamengo administra vantagem e vence na estreia

No começo do segundo tempo, logo no primeiro minuto, o volante Rithely, do Sport, foi expulso após entrada de sola em Cuéllar. Com a vantagem numérica em campo, o Flamengo tentava crescer para cima de seu adversário, porém o time pernambucano, mesmo com um a menos ia em busca do empate.

Melhor em campo, o time de Muricy Ramalho tentava criar jogadas de perigo, mas encontrava dificuldades para entrar na área do Sport, que passava a jogar com todos os seus jogadores atrás da linha do meio-campo.

Conforme o tempo passava, a partida ficava travada, pois o Leão não tinha forças para atacar e o Flamengo com muita lentidão e sem nenhuma inspiração para criar. Quando o time carioca acelerou um pouco o ritmo, quase ampliou aos 32 minutos, na finalização de Ederson, que Magrão fez grande defesa, espalmando para escanteio.

Na parte final do jogo, o Flamengo fazia o tempo passar, rodando a bola de um lado a outro do campo, tentando encontrar um espaço na defesa pernambucana, enquanto o Sport, tentava muito timidamente um contra-ataque. Nos acréscimos, o time carioca ainda quase marcou o segundo gol com Alan Patrick e Marcello Cirino, mas o goleiro Magrão salvou nas duas oportunidades, terminando a partida om placar mínimo para o rubro-negro do Rio.