Ronald Ramon e Rafa Luz brilham, Flamengo vence Bauru e fica a uma vitória do título do NBB

Dupla de armadores lideram os donos da casa em triunfo suado na partida número 3 contra o Bauru; Série volta para Marília na semana que vem

Ronald Ramon e Rafa Luz brilham, Flamengo vence Bauru e fica a uma vitória do título do NBB
Rafa Luz autor de 17 pontos, 6 rebotes e 6 assistências comandou as ações no triunfo do Flamengo. Foto:Gilvan de Souza/Flamengo
Flamengo
89 85
Paschoalotto/Bauru

Neste sábado o Flamengo venceu o Paschoalotto/Bauru por 89 a 85 na Arena Olímpica Carioca 2 pelo jogo 3 das finais no Novo Basquete Brasil, liderando por 2 a 1 na série. Foi a primeira vitória de mandante nessas finais.

Coube à Ronald Ramon ser o cestinha da partida anotando 21 pontos, 3 rebotes e 4 assistências e Rafael Hettsheimeir foi o máximo pontuador por Bauru com 20 pontos e mais 10 rebotes ao longo da partida. Rafa Luz (17 pontos), Alex Garcia (19 pontos), Marquinhos (19 pontos) e Robert Day (15) também fizeram grande jogo.

Rubro-negro vai bem próximo a cesta e abre boa vantagem durante segundo período

Flamengo começou bem convertendo os primeiros cinco arremessos e abriu 12 a 4 no marcador quando Rafa Luz acertou chute de fora, deixando Bauru com muita desvantagem. As bolas de fora bauruense começaram a cair e o aproveitamento adversário foi caindo aos poucos, chegando a uma posse na parcial 16 a 14.

Os donos da casa abusavam das infiltrações e anotaram dessa forma, e nos lances livres, a pontuação que deu margem mais segura, 8 pontos, finalizando os primeiros 10 minutos com 6 a frente, 26 a 20.

Bauru encostou com uma corrida de 7 a 0 logo no início e obrigou José Neto a parar o jogo mas o rubro-negro seguiu correndo atrás do marcador(no período) e buscava na dupla Rafael Mineiro-JP Batista sua pontuação. No garrafão também pontuava o destaque Murilo acertando todos os arremessos, 4/4, somando 10 pontos e Rafael Hettsheimeir que anotou outros 6, levando o jogo ao intervalo com apenas 5 pontos de liderança do Flamengo que havia sido de 10 na metade inicial do segundo quarto.

Bauru se recupera com último período assombroso de Alex Garcia e por pouco não vence partida

O terceiro quarto do Flamengo foi baseado no aproveitamento de dois pontos, foram 6 chutes convertidos em 8 tentados com Ronald Ramon liderando a pontuação enquanto Léo Meindl vindo do banco e Alex Garcia jogavam bem no ataque bauruense para anotarem 1/3 cada nos pontos do período. Os erros na movimentação de bola, 5 desperdícios no total e escolhas erradas nos chutes do perímetro prejudicaram ainda mais o Bauru no jogo ofensivo que perdia por 17 pontos, 74 a 57 ao fim do quarto.

Alex Garcia comandou os 10 minutos finais e assombrava a defesa toda vez que carregava a bola, batia para dentro, sofria a falta e ainda convertia as cestas. O gesto se repetiu por três vezes consecutivas e o Flamengo não conseguia responder, errando tudo que tentava para dois e convertendo apenas os tiros longos, foram 3.

Infiltrar e anotar no garrafão não eram suficientes para o “brabo” que foi ao perímetro, assim como Rafael Hettsheimeir conseguindo jogada de 4 pontos e reduzindo para o mesmo número de pontos a vantagem do rubro-negro. Alex seguiu o bom momento e pontuou na área pintada e depois no contra-ataque, 84 a 85 faltando 54s mas o camisa 10 foi expulso na defesa seguinte por cometer a 5ª infração. O Flamengo foi a linha de lances livres algumas vezes, desperdiçou alguns e o Bauru não anotou nenhuma cesta de quadra.