Interino Zé Ricardo lamenta expulsão e derrota do Flamengo, mas não crucifica César Martins

Técnico acredita que pênalti aconteceu no momento em que o Flamengo estava melhor na partida, mas dá apoio ao zagueiro César Martins

Interino Zé Ricardo lamenta expulsão e derrota do Flamengo, mas não crucifica César Martins
(Foto: Divulgação/Flamengo)

Depois de conseguir duas vitórias seguidas, o Flamengo conheceu a primeira derrota sob o comando de Zé Ricardo. A equipe Rubro-Negra perdeu para o Palmeiras por 2 a 1, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Além do resultado negativo, a equipe carioca teve o jogador César Martins expulso, após espalmar a bola dentro da área. O técnico do time não crucificou o zagueiro, mas acredita que o cartão vermelho foi determinante para o revés da equipe.

“Partida muito difícil, enfrentamos um adversário muito forte, com jogadores bastante talentosos. Acredito que no segundo tempo fizemos partida melhor que no primeiro. No momento em que estávamos melhor, ocorreu a expulsão. É muito difícil jogar com 10 contra uma equipe contra o Palmeiras”, afirma Zé Ricardo.

Zé também falou após a partida, sobre a questão do mando de campo do Flamengo em Brasília: “Não sei se é a segunda casa do Flamengo, mas tanto os jogadores como nós da comissão técnica nos sentimos muito bem aqui. A gente fica feliz de jogar com muita gente, agora a casa do Flamengo é o Rio de Janeiro. Aonde vai, o Flamengo leva muita gente. O fato de a gente ter vencido as duas partidas lógico que ajuda, espero que a torcida continue apoiando.”

O Flamengo entrou em campo com duas alterações em relação a partida contra o Vitória, As entradas do Everton e Fernandinho nas vagas do Marcelo Cirino e, Mancuello. Sobre o desempenho dos dois jogadores, o técnico (até então) interino comentou: “Procuraram fazer o que pedi, mas na verdade a gente entendeu que a sequência é muito desgastante, ainda mais com o Flamengo, que faz muitas viagens. Esse é o terceiro jogo que fazemos o segundo tempo com 10 jogadores. Contra o Vitória, pegamos um gramado pesado. O que valeu foi a hombridade deles e o caráter até o final. Mesmo com um a menos, mantivemos dois atacantes até o fim, mas não deu, e o Palmeiras tocou bem a bola.”

Zé Ricardo desconversou sobre sua permanência no comando da equipe: “Uma coisa posso falar: nosso grupo de atletas tem muito valor. O que aconteceu hoje é que a gente enfrentou uma grande equipe, uma postulante ao título também. Muita coisa vai acontecer, teremos uma semana cheia para enfrentar o Figueirense no domingo que vem.” – concluiu.

Com a derrota, Flamengo caiu para a quinta posição do Campeonato Brasileiro e, volta a campo no próximo domingo (12), quando enfrenta o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em jogo válido pela sétima rodada do campeonato nacilnal.