Zé Ricardo menciona falhas na etapa final ante Corinthians: "Perdemos o controle"

Depois de fazer bom primeiro tempo, Fla se perdeu na etapa final e tomou 4 a 0 do Corinthians; treinador rubro-negro deseja utilizar a partida como lição

Zé Ricardo menciona falhas na etapa final ante Corinthians: "Perdemos o controle"
Zé Ricardo (Foto: Divulgação/Flamengo)

A tarde de domingo (3) não foi nada boa para os flamenguistas. Em Itaquera, a equipe da Gávea foi goleada por 4 a 0 pelo Corinthians e se afastou do G4, caindo para a sétima colocação, com 20 pontos. Após a derrota, o comandante Zé Ricardo, abalado com o forte revés sofrido pela equipe, concedeu coletiva à imprensa.

O treinador começou falando do resultado e reconheceu que o rendimento da equipe no segundo tempo foi muito abaixo do esperado. "A gente conseguiu um primeiro tempo de razoável para bom. Mas no segundo, após o primeiro gol, nós perdemos o controle e nos desorganizamos", iniciou.

"O Corinthians aproveitou as oportunidades, nós tivemos menos e não conseguimos aproveitá-las", iniciou o técnico. "Vamos ver onde a gente pode melhorar e onde a gente não pode mais errar para continuar olhando para frente. A equipe perdeu o controle da partida, cedeu espaço ao Corinthians e, infelizmente, aconteceu o resultado cruel".

O treinador foi expulso ainda no primeiro tempo da partida, após reclamar de uma falta clara não marcada para o Flamengo. Sobre a polêmica, o técnico foi breve: "Peço desculpas a ele (Héber Roberto Lopes, árbitro da partida) se ele achou que fui agressivo. Só falei que o Fagner não acertou a bola. Cada um com sua consciência. O Fagner tentou atingir a bola, mas foi um carrinho forte. Pegou e acertou o Ederson. Não falei nada agressivo, levantei o braço, o que talvez tenha chamado a atenção dele. Mas acho que minha expulsão foi um ato covarde, não sei se ele faria o mesmo com outro treinador", esclareceu Zé Ricardo.

Seguindo, Zé saiu em defesa rubro-negra, criticada por falhas nos gols corinthianos: "A zaga vem mostrando bom desempenho. Não é em uma partida que vamos tomar uma definição", afirmou. "Até o início do jogo a gente tinha a segunda melhor defesa da competição. Estávamos numa crescente. É apagar o resultado e tirar as lições para continuar."

Se há algo de bom a se tirar da partida, o treinador acredita que seja a lição para os próximos jogos. "Uma derrota dura, difícil. A gente vinha numa sequência boa. Nós vamos ter que usar essa derrota como motivação para nos reconstruir. A competição exige que a gente esteja forte em todos os aspectos, nosso psicológico tem que estar forte", encerrou Zé Ricardo. A próxima partida do Flamengo é contra o Atlético-MG, em Brasília. A bola rola às 11h do próximo domingo, dia 10.