Apresentação de Diego no Flamengo

Apresentação de Diego no Flamengo
Apresentação de Diego no Flamengo

Encerramos por aqui. Obrigado a todos que acompanharam. Siga a VAVEL Brasil nas redes sociais e continuem acompanhando toda a cobertura do esporte.

Terminou a coletiva de apresentação de Diego.

Sob o hino do Flamengo e ao lado dos filhos, respectivamente uniformizados, Diego veste a camisa do Flamengo e tira fotos.

"Títulos têm repercussões diferentes, mas título é título. Estamos disputando o Brasileiro, vai começar a Sul-Americana, e acredito que temos condições de, passo a passo, transformar esse sonho em realidade. Não estou aqui para especificar, mas a ideia é vencer a cada jogo"

"Conversa boa, Robinho extremamente divertido como sempre, houve algumas gozações. É um grande amigo que tenho no futebol, temos contato constante. Não vai ser a primeira vez que nos enfrentamos na Europa, mas é especial", disse sobre conversar com Robinho para anunciar o retorno ao futebol brasileiro.

"Acho legal. Futebol é isso, uma equipe precisa de jogadores para dividir responsabilidade (sobre dividir a responsabilidade com Guerrero e Damião). Hoje existem jogadores que estão prontos para isso, e eu chego para assumir minha parcela de responsabilidade, e a equipe ganha força através dessa divisão. Com certeza os jogadores estão preparados para o Maracanã"

"Estou preparado, essa é a cobrança de acordo com a grandeza do clube. Essa não vai ser a primeira situação que tenho na minha vida que se trata de cobrança e pressão, mas o Flamengo é um clube especial. Essa Nação é especial. Não poderia haver momento melhor na minha carreira para isso acontecer. Vou encarar esse desafio da melhor maneira possível"

"Chegar nesse auge não depende só do jogador. O jogador tem que estar bem, equipe estar bem, esquema tático. No Fener, fisicamente estive muito bem. Fui titular na maioria dos jogos, mas me cobro bastante, mas sei que individualmente poderia atinigir um nível mais alto. Tudo depende do momento da equipe também. No Fla, isso tem tudo para acontecer e dar certo"

"Eu estou preparado para fazer o Flamengo vencer, não tenho objetivo de logo de cara virar referência. Logico que o nome e a qualidade da contratação traz esse peso. Objetivo é vencer, quem não quer se tornar um ídolo? Quem não quer ser ovacionado? No meu caso, não está em primeiro plano"

"Sem dúvida tenho algo a somar com 12 anos na Europa. Para se manter lá em grandes clubes e conquistar títulos de expressão, muitas coisas você tem que aprender. Esse amadurecimento com certeza te ajuda para novos desafios. Acho que posso, sim, ser importante, e é o que eu vou procurar fazer"

"A probabilidade de coisas boas virem é muito grande. É momento de pegar firme e depois pensar nisso lá na frente"

"Seleção é sempre objeitivo, principalmente quando você já passou por ela e conquistou títulos. É algo inevitável, mas acredito que não é o momento de falar dela. Minha concentração é total no Flamengo. Qualidade para voltar à Seleção eu tenho, por isso tive tantas convocações. Nesse momento, estou 100% focado em fazer minha estreia e estar bem fisicamente para jogar pelo Fla"

"Sem dúvida seria uma carinha de alegria total. Como falei, a emoção foi muito grande. Esperava, mas fui surpreendido com toda essa recepção. Mal começou, e essa nação tem me feito sentir coisas especiais", disse Diego sobre o emoji utilizado na rede social logo após acertar com o Flamengo.

"Informação no futebol é repassada rapidamente, ela chega a você tanto negativa quanto positiva. Todas informações são positivas, as que procurei saber e as que não procurei. Conversei com amigos que tenho no time hoje, e eles me disseram que o clube está na direção certa. Meu nível técnico é o de sempre, é muito bom, agora é casar o momento. Tecnicamente acho que vocês conhecem. Me sinto confiante"

"Não tenho esse objetivo, não é algo que eu quero. Eu vou estrear independentemente de quem for o adversário", disse Diego sobre a possível estreia contra o Santos.

"Tenho que cancelar contratos, luz, telefone, mas na semana que vem volto ao Rio. O dia certo vamos definir com o Rodrigo (Caetano). Depois que eu começar a treinar, aí tem que ser acompanhado o dia a dia. Quando chegarmos à conclusão de que estou pronto, eu irei jogar"

"Fisicamente eu me sinto bem, mas o que é fundamental é o ritmo de jogo e isso só vem trabalhando com bola, e isso é o que eu preciso. Eu não posso dizer depois de quantos dias eu vou estar pronto para fazer minha estréia. Não vejo a hora de vestir essa camisa e ajudar meus companheiros"

"Acredito nas últimas temporadas não encontrei meu melhor nível e acho que o Flamengo é um excelente parceiro para isso acontecer. Acho que isso vai acontecer"

"Estou ansioso para jogar, agora é lutar contra a emoção para não passar à frente da razão. Estou há quase dois meses sem jogar. O que é possível fazer sem treinar eu consigo fazer, porém o treino do dia a dia é insubstituível. A qualidade todos conhecem, mas 100% concentrado e encarando esse desafio como recomeço. Entro nesse projeto como um garoto de 16 anos"

"Do que vi do Flamengo no que foi possível de assistir aos jogos e melhores momentos e nas conversas com amigos que tenho no Flamengo, pude ver que Flamengo tem equipe muito bem estruturada, com ótimas opções e um treinador bem seguro. Acho que a possibilidade de fazer uma excelente temporada é muito grande. Se tratando de Fla, não tem outra opção. É pensar em vencer", disse Diego, comentando sobre o que conhece do Flamengo.

"Já tivemos alguns contatos com o Flamengo, não posso precisar quando foi, mas existiu. Nas outras vezes o clube ao qual eu pertencia nunca esteve disposto. Apesar de haver a vontade do Fla e a minha vontade, nem sempre foi possível concretizar. As coisas aconteceram agora de forma que acabou dando certo", disse Diego, que desmentiu que o golpe militar na Turquia não interferiu na escolha.

"Estou com 31 anos, passei por cinco países diferentes, sou pai de dois filhos e casado, porém a essência permanece. Com 31 anos, eu evoluí, ainda tenho muito o que evoluir, mas aprendi com o tempo experiência, disciplina tática. Hoje estou melhor preparado. Voltar para o Brasil e para um clube com esse impacto era tudo que eu buscava. Sem dúvida essa parceria tem tudo para dar certo"

"Fiquei encantado com tudo, mas em alguns momentos também preocupado porque a galera caiu. Fiquei surpreso de forma positiva. A primeira impressão é a melhor possível", disse Diego sobre a recepção no aeroporto.

"Quero agradecer por tudo o que vocês me proporcionaram em poucas horas. Dia especial, não vou esquecer esse carinho e essa confiança, vou me esforçar no dia a dia para retribuir esse carinho", disse Diego em suas primeiras palavras.

Diego acaba de chegar ao Salão Nobre da Gávea ao som do hino do Flamengo. O presidente Eduardo Bandeira de Mello acompanha o jogador.

Após a apresentação, Diego retorna para a Turquia para tratar sobre a mudança e se despedir do Fenerbahçe. A previsão é que ele retorne na quarta ou quinta-feira da semana que vem, quando irá começar os trabalhos no Flamengo.

Camisa 35 do Diego já está pronta para a apresentação. Torcedores podem adquirir a camisa do Flamengo personalizada com nome e número do novo craque do Mengão nas lojas oficiais do clube pelo preço de R$ 300 reais. (Foto: Divulgação/C.R. Flamengo)

Seguimos na espera pela apresentação, que estava marcada para às 17h, mas acabou atrasando devido a realização dos exames médicos. (Foto: Letícia Sansão/VAVEL Brasil)

Salão nobre da Gávea está lotado. Todos na espera pela apresentação de Diego. (Foto: Letícia Sansão/VAVEL Brasil)

Torcedores do Flamengo em frente a Gávea na expectativa pela apresentação de Diego. (Foto: Letícia Sansão/VAVEL Brasil)

Alguns torcedores do Flamengo marcam presença em frente a Gávea e cantam o hino do clube. Os torcedores também fizeram festa no aeroporto para receber Diego.

A apresentação de Diego estava marcada para às 17h, mas acabou atrasando porque o meia precisou fazer exames médicos. Daqui a pouco acontece a apresentação oficial. Fique conosco!

No momento, Diego está passando pela FlaExperience, que é um museu localizado na sede do Flamengo. O meia ainda terá contato com alguns sócios que foram escolhidos para conhecê-lo.

CHEGOU! Diego já está na Gávea. O jogador chegou há cerca de 20 minutos e já conversou com o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello.

Diego vai vestir a camisa 35. O número é uma homenagem aos filhos dele. O filho mais novo tem 3 anos, enquanto o mais velho tem 5.

Fique ligado! A apresentação de Diego é daqui a pouco. O jogador já está a caminho da Gávea.

Diego mandou um recado para a torcida do Flamengo: "Nação Rubro-Negra, obrigado pela confiança e pelo carinho. Estou vivendo um sonho com vocês. A dedicação vai ser 100% para que esse sonho continue e para que venham vitórias e conquistas."

Diego sobre a recepção no aeroporto: "Foi um dos momentos mais gratificantes da minha carreira, isso porque nem começou a minha caminhada. Meu sonho é fazer essa galera feliz em campo. O Flamengo tem uma torcida magnífica."

Quando chegar na Gávea, Diego irá atender alguns sócios que terão a oportunidade de conhecer o novo meia do Flamengo. O mesmo aconteceu quando Guerrero foi apresentado.

Diego realizou exames nesta tarde e já está a caminho da Gávea. Apresentação estava marcada para às 17h, mas deve atrasar.

A apresentação oficial de Diego está marcada para às 17h (de Brasília), na Gávea. Fique ligado com a VAVEL Brasil, que estará presente no local transmitindo a apresentação em tempo real.

Empolgados, os torcedores do Flamengo tomaram conta do Santos Dummont para receber o meia Diego. Logo mais, o meia será apresentado oficialmente na Gávea.

A torcida do Flamengo lotou o aeroporto Santos Dummont para receber o meia Diego. A recepção contou com mais de 550 torcedores e teve direito a sinalizadores e a famosa "ola"

Fim da novela: Diego assina contrato por três anos e é oficializado no Flamengo

Jogador rescindiu com o Fenerbahçe e clube carioca teve passe livre para anunciar meia no último dia da janela de transferências no futebol nacional

Acabou a novela. Diego Ribas, finalmente, é jogador do Flamengo. Depois de muita ansiedade, o clube confirmou a contratação do meio-campista.

Não foi simples, a negociação teve contornos dramáticos para os torcedores rubro-negros, que tiveram que esperar até o último dia da janela de transferências para poder comemorar o tão sonhado reforço.

Diego, que está em São Paulo, de férias, aguardava sua rescisão de contrato com o Fenerbahçe, da Turquia, que aconteceu nesta terça-feira (19), para enfim ficar livre e poder assinar com o Flamengo.

O jogador chega com forte aprovação da torcida, que espera ter nele uma liderança técnica para o restante da temporada.

O novo contratado rubro-negro foi revelado pelo Santos, em 2002, pelo então técnico da equipe Celso Roth.

Mas, obteve sucesso sob o comando de Emerson Leão, quando foi um dos destaques da equipe campeã brasileira que ficou marcada pela dupla com Robinho.

Após o rápido sucesso no futebol brasileiro, o jogador atraiu os olhares dos clubes europeus e acabou se transferindo para o Porto, onde começou sua longa tragetória no continente.

Na Europa, o camisa 10 atuou no Werder Bremen-ALE, Wolfsburg-ALE, Juventus-ITA e Atlético de Madrid-ESP.

Desde 2014, Diego estava no Fenerbahçe e alternou jogos entre a titularidade e o banco de reservas, principalmente na última temporada, onde disputou 45 partidas e marcou três gols.

No rubro-negro carioca, o jogador deve receber cerca de R$ 715 mil por mês, divididos entre salário e gratificações por boas atuações nas partidas.

A diretoria se organiza para apresentar Diego nesta quarta-feira (20), na Gávea, onde irá conceder a primeira entrevista coletiva como pertencente ao elenco do Flamengo.

Em férias, o meia retorna às atividades até o próximo fim de semana, quando começa a treinar com os novos companheiros.

Boa tarde, torcedor! Acompanhe agora a coletiva de imprensa e apresentação de Diego Ribas no Flamengo! Fique conosco!