Zé Ricardo exalta elenco do Flamengo após vencer Coritiba: "Tem que brigar nas duas competições"

Sequencia colocou o rubro-negro 3 pontos atrás do líder Corinthians e o questionamento sobre o título foi inevitável; Zé Ricardo respondeu que seu time tem condições sim de vencer o Brasileirão

Zé Ricardo exalta elenco do Flamengo após vencer Coritiba: "Tem que brigar nas duas competições"
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Na tarde deste domingo (31), o Flamengo foi ao Couto Pereira e bateu o Coritiba por 2 a 0 pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, quarta vitória seguida jogando na casa do adversário que já assombrou o time carioca na década passada.

Tendo a segunda melhor sequencia na competição e ocupando o quinto lugar com 30 pontos, só perde para o momento do Corinthians, o assunto título começa a rodear o grupo rubro-negro e Zé Ricardo falou sobre o assunto: "Em todos os jogos, a diferença acaba sendo a quantidade de nossa torcida. Teríamos de transformar em motivação. Maracanã só teremos no fim da competição. Queremos chegar lá em condições de brigar pelo título do Brasileiro. Ainda faltam 21 jogos, teremos mais dois essa semana e depois todo o returno. Com a chegada dos reforços e com o que a gente tinha no plantel, Flamengo tem que se credenciar para brigar nas duas competições. Quando se joga bem, estamos próximos da vitória."

Autor do gol que definiu a vitória do Flamengo, Marcelo Cirino foi elogiado pelo treinador, inclusive ressaltando o descanso de duas partidas: "Marcelo Cirino ficou duas rodadas sem jogar. Ele estava numa sequência muito grande de 12 jogos, decidimos preservá-lo. Atleta importante, de capacidade física, de jogadas pelo lado direito. Com o Coritiba saindo mais, o gol acabou acontecendo", disse.

A substituição do capitão Juan ao longo do segundo tempo preocupa e o zagueiro pode ser poupado contra o Santos na próxima rodada de acordo com o treinador: "Não sei ainda. Poupamos o Réver, que vinha de longa sequência. Por precaução, a gente quer continuar com nível baixo de lesões. O Juan sentiu incômodo na panturrilha esquerda, tiramos por precaução. Não podemos correr o risco de perdê-lo. Sobre as outras alterações, vamos mudar um pouco mais. Santos joga numa intensidade alta. Se não estivermos bem fisicamente, vamos sofrer. ", afirmou.