Flamengo faz último treino visando Figueirense e Zé Ricardo indica time ofensivo

Treinador rubro-negro disse em entrevista coletiva que apesar do pouco tempo para treinos, ele deve sim promover alterações na equipe titular

Flamengo faz último treino visando Figueirense e Zé Ricardo indica time ofensivo
Zé Ricardo orientando jogadores no treino desta terça. Foto:Gilvan de Souza/Flamengo

Joga, descansa e treina apenas uma vez. Assim foi a rotina do Flamengo entre domingo e quarta-feira até o jogo de volta contra o Figueirense pela Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira (30) o rubro-negro treinou pela manhã e tão logo viajou para o Espírito Santo.

O treino comandado por Zé Ricardo no campo 3 do Centro de Treinamento foi fechado à imprensa, mas o treinador deus índicios na entrevista coletiva de que pode colocar a equipe jogando pra cima do adversário.

Zé afirma que o pouco tempo entre as partidas prejudica mas que deve haver sim  mudança na equipe: "Devemos ter algumas alterações. Testamos algumas opções no trabalho de hoje. Tivemos pouco tempo para fazermos alguma mudança muito drástica, mas acreditamos que podemos ser um pouco mais ofensivos. No entanto, ainda não há confirmação quando a isso. Estudaremos um pouco mais as opções, estudaremos mais o adversário e, então, tomaremos uma decisão".

Ele explicou também qual foi o motivo que levou a rodar a equipe na partida de ida: "Na primeira partida, também usamos nossa força máxima. Tivemos muitos jogos seguidos e, nessa oportunidade, vimos a chance de usar outros atletas que não vinham atuando tanto. Nossa ideia era entrar na partida contra a Chapecoense bem fisicamente, pois no confronto contra o Grêmio, às 11h, nos desgastamos bastante. Então, fizemos esse planejamento juntamente com a direção e com os jogadores, algo que já vinha sendo batido internamente há algum tempo."

A dúvida principal do treinador é no meio campo, provalmente entre William Arão e Federico Mancuello. Caso escale o argentino será uma formação com dois meias, dois pontas e um atacante que nunca antes foi testada em treinamentos. A escalação provável será Alex Muralha, Pará, Réver, Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Arão (Mancuello) e Diego; Gabriel, Everton e Leandro Damião.