Meia Ederson passará por artroscopia antes de voltar aos gramados pelo Flamengo

Decisão tomada pelo Flamengo dois meses após a pancada sofrida pelo camisa 10 em confronto com Fagner, lateral do Corinthians

Meia Ederson passará por artroscopia antes de voltar aos gramados pelo Flamengo
Em Agosto do ano passado na sua melhor sequencia pelo Fla, Ederson marcou contra o São Paulo (Foto:Gilvan de Souza/Flamengo)

O silêncio sobre a condição física de Ederson já assustava o torcedores do Flamengo, que esperavam um retorno do camisa 10 aos gramados. Entretanto, a situação tomou outro contorno nesta terça-feira.

Em entrevista ao Globoesporte.com, Márcio Tannure, médico responsável pelo Departamento no rubro-negro, afirmou que a lesão não é tão simples como divulgada anteriormente. O tratamento anterior através de reforço muscular e fisioterapia não deu o retorno adequado e uma atrascopia precisará ser feita no atleta.

Nas palavras de Tannure a explicação pela escolha do procediemento cirúrgico: "O Ederson vai ter que passar por um procedimento de artroscopia. Quando recebeu aquela entrada do Fagner, ele teve uma fratura osteocondral (de cartilagem), um edema ósseo... Na verdade, ele teve múltiplas lesões e uma dessas pequenas lesões foi de menisco. Então a gente primeiro tratou essa fratura osteocondral e o edema ósseo na expectativa de que, com o tratamento conservador dessas outras patologias, evitasse o procedimento cirúrgico. Mas só saberíamos se haveria necessidade de cirurgia ou não após o tratamento da fratura osteocondral e do edema ósseo. Infelizmente após todo o esforço do atleta na reabilitação dele e de todo o esforço aqui do CEP, ele ficou recuperado da fratura e do edema, mas a dor permanece, e a gente vai ter que realizar a artroscopia para poder tratar essa lesão de menisco.", explicou em entrevista ao site Globoesporte.com.

A operação de Ederson será feita no máximo nas próximas 72h, entre quarta e quinta-feira, dependendo apenas das burocracias relacionadas ao procedimento cirúrgico. Em artroscopias, normalmente os atletas perdem de duas semanas à um mês inativos, por isso o Flamengo aguarda sua volta ainda na temporada 2016.