Zé Ricardo comemora vitória contra a Ponte Preta, mas admite atuação ruim do Flamengo

Treinador elogiou a Ponte Preta e o jogador Fernandinho, que marcou o gol da vitória aos 45 minutos do segundo tempo

Zé Ricardo comemora vitória contra a Ponte Preta, mas admite atuação ruim do Flamengo
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo segue na segunda colocação do Campeonato Brasileiro após vitória diante da Ponte Preta nesta quarta-feira (7), no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES). Com gol de Fernandinho aos 45 minutos, o rubro-negro venceu por 2 a 1 e o resultado foi muito celebrado por Zé Ricardo, que admitiu atuação ruim do Fla, mas exaltou o grupo.

O treinador aproveitou para elogiar o adversário e a estratégia em campo: "A Ponte nos colocou em dificuldade, o que foi mérito deles. Neutralizamos as ações dele no início, mas depois cedemos espaço. Eles se organizaram bem, com muita velocidade pelos lados, dois meias adiantados (Wendel e Thiago Galhardo) e o João Vitor distribuiu bem o jogo."

"Os setores deles funcionaram bem, só depois que diminuímos um pouco a distância. Partida de futebol é confronto de estratégia. Depois do empate, subimos a marcação e os atletas se doaram bastante. O gol foi um prêmio, mas o resultado mais justo seria o empate. A Ponte é um adversário muito duro, sem dúvida esta foi a partida que mais tivemos dificuldades das seis que jogamos em Cariacica. Por isso, foi uma vitória maiúscula, de equipe que quer chegar longe na competição. A Ponte merece parabéns, vai fazer competição forte. O adversário que for jogar contra a Ponte vai ter problemas", afirmou Zé.

Muito elogiado por seu treinador, Fernandinho entrou já no fim da partida e, assim como aconteceu contra o Figueirense, marcou o gol decisivo. Zé Ricardo falou sobre o grupo e o trabalho que tem feito: "O gol foi consequência de vários fatores, sinceramente não me preocupo com quem faz o gol, mas com o rendimento coletivo. Hoje rendemos menos, mas nos doamos bastante, eles foram fantásticos, mostraram que são muito fortes mentalmente. O Fernandinho fez o gol. Ele trabalha bastante, assim como Marcelo Cirino, Gabriel, Everton, Adryan e Thiago Santos, que fazem a mesma função".

O técnico do Flamengo ainda explicou a substituição e comemorou o acerto: "Depois do gol de empate, o contra-ataque deles poderia ser perigoso, mas tinha que mudar. O Everton estava desgastado, poderia colocar o Alan que faz função de meia, mas queria agredir mais pelo lado do campo. Por isso coloquei o Fernandinho. E ainda bem que deu certo. Não só pelo gol, ele conseguiu colocar em dificuldades a Ponte e manter o time no campo de ataque", explicou. 

Fernandinho, herói da vitória, também falou após o apito final e celebrou o bom momento: "Estou muito feliz. Mais um momento que pude entrar e ajudar. Nossa equipe foi muito guerreira. Conseguimos o resultado positivo em um jogo difícil. Nosso comandante falou da Ponte Preta, dos jogadores talentosos e de como a equipe era bem treinada. Com determinação e vontade vencemos".