Flamengo encara Cruzeiro em Cariacica visando se manter na cola do líder Palmeiras

Rubro-Negro defende série invicta atuando no Espírito Santo, enquanto a Raposa aposta na presença de seu torcedor para sair com a vitória

Flamengo encara Cruzeiro em Cariacica visando se manter na cola do líder Palmeiras
Foto: Washington Alves/Light Press
Flamengo
Cruzeiro
Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, William Arão e Diego; Fernandinho, Everton (Gabriel) e Guerrero
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Romero, Robinho, Sóbis e Arrascaeta; Ábila.
ÁRBITRO: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Lucio Beiersdorf Flor
INCIDENCIAS: Partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, a ser disputada neste domingo (25), às 16h, no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica/ES.

Flamengo e Cruzeiro medem forças neste domingo (25), às 16h, no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica/ES, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, em situações extremamente opostas. O Rubro-Negro, além de nunca ter perdido na cidade capixaba, quer seguir na cola do lider Palmeiras, que venceu o Coritiba neste sábado (24), enquanto a Raposa almeja manter distância da temida zona de rebaixamento.

O Flamengo chega em Cariacica com seis jogos de invencibilidade no Brasileirão. A última vitória Rubro-Negra foi no Pacaembu, no duelo contra o Figueirense, no último fim de semana. Na ocasião, os cariocas venceram os catarinenses por 2 a 0. Agora, a equipe do técnico Zé Ricardo precisa da vitória em solo capixaba para seguir na cola do líder Palmeiras, atualmente, com 54 pontos, quatro a mais que o segundo colocado.

Já o Cruzeiro quer encerrar o jejum de três jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro. A Raposa, que chegou a emplacar uma série invicta com o técnico Mano Menezes, caiu de produção e na última rodada, por exemplo, ficou no empate com o Atlético-MG em 1 a 1. O resultado não foi bom para a equipe celeste, que ocupa a 15ª colocação, com 28 pontos, dois a mais que o primeiro time da zona de rebaixamento, Figueirense.

Cruzeiro e Flamengo se enfrentaram no primeiro turno do Brasileirão, mais especificamente na 8ª rodada. Na época, a Raposa ainda era comandada pelo português Paulo Bento e levou a pior diante do Rubro-Negro por 1 a 0, com gol marcado pelo zagueiro Réver.

Everton e Gabriel retornam ao time, mas Zé Ricardo indica permanência de Fernandinho

O técnico Zé Ricardo ainda não confirmou totalmente o Flamengo que irá entrar em campo para enfrentar o Cruzeiro. Isso porque a atuação do meia Fernandinho contra o Palestino-CHI, pela Copa Sul-Americana, no meio de semana, agradou ao treinador, que agora terá os retornos de Gabriel e Everton. O primeiro atua pelo lado direito, enquanto o segundo atua pela esquerda. Um terá que começar a partida no banco de reservas.

"A tendência é por aí. Vamos estudar ainda a equipe do Cruzeiro, ainda não consegui ver a partida que eles fizeram contra o Botafogo, apesar de que era um jogo em outro contexto, por já ter definido praticamente tudo aqui no Rio. Mas vamos analisar o time deles antes de definir o que fazer", disse Zé Ricardo.

Quem está acostumado a enfrentar o Cruzeiro é o zagueiro Réver. O camisa 4 atuou em diversos clássicos contra a Raposa ainda quando vestia a camisa do Atlético-MG. No primeiro turno do Brasileirão, estreou justamente contra a equipe celeste, marcando o gol da vitória. Agora, o defensor reencontra o time mineiro em uma situação diferente, onde sua equipe briga pelo título nacional. No entanto, Réver descarta qualquer clima de oba-oba.

"A partir do momento que essa energia positiva vem a nosso favor, vamos ficando mais fortes. Já temos pressão demais no dia a dia, não tem porque chamar uma responsabilidade extra. É manter o nosso foco e deixar o torcedor fazer a sua festa", declarou.

Mano Menezes afasta mistério e confirma Cruzeiro com modificações

O Cruzeiro encerrou, neste sábado (24), no Estádio Engenheiro Araripe, também em Cariacica, os preparativos para enfrentar o Flamengo. Na atividade, o técnico Mano Menezes confirmou as mudanças que havia sinalizado no treino de sexta-feira (23), na Toca da Raposa II: Ezequiel no lugar de Lucas, suspenso, na lateral direita, e Lucas Romero no meio-campo, substituindo Ariel Cabral, por opção do treinador, que cobrou dos jogadores lances de bolas paradas, além de promover um rachão.

O elenco do Cruzeiro desembarcou em Vitória sob forte apoio do seu torcedor. E é na força da torcida que os jogadores apostam para sairem do estádio com os três pontos na bagagem. Desta forma, o lateral-direito Ezequiel tratou de convocar todos os cruzeirenses do Espírito Santo para apoiar o time no Estádio Kléber Andrade, diante do vice-líder do Brasileirão.

"A torcida é muito importante para o time. Sabemos a diferença que eles fazem quando nos apoiam. Então, quero convidar todos os cruzeirenses que estão no Espírito Santo, esta partida é muito importante para a equipe. Juntos, vamos botar o Cruzeiro no lugar que ele merece", declarou Ezequiel.

Sem vencer há três partidas, a ordem no Cruzeiro é não perder mais pontos. Com a queda de produção, a Raposa agora ocupa a 15ª colocação do campeonato, com 30 pontos, dois a menos que o Figueirense, primeiro time a figurar a temida zona de rebaixamento. O técnico Mano Menezes agora quer recuperar a pontuação perdida em cima do vice-líder da competição.

"Temos que pontuar nestas próximas rodadas. E temos que descontar os três pontos que deixamos contra o Botafogo. Se não der de uma vez, vamos descontar em parcelas. Tenho falado abertamente sobre isso. O Flamengo é o vice-líder do campeonato. Vem jogando com confiança. Temos que entender que tudo faz parte de coisas positivas se somarmos pontos em Cariacica", concluiu.