Presidente Bandeira de Mello comemora retorno dos pontos do polêmico Fla-Flu

Eduardo Bandeira de Mello comentou sobre a decisão do STJD de anular o julgamento sobre a interferência externa no Fla-Flu de Volta Redonda e avaliou como um ânimo a mais para os jogadores na reta final do Brasileirão.

Presidente Bandeira de Mello comemora retorno dos pontos do polêmico Fla-Flu
Foto: Divulgação/Flamengo

Na tarde da ultima quinta-feira (20), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva anulou o deferimento do pedido do Fluminense para levar a julgamento uma possível interferência externa na arbitragem de Sandro Meira Ricci no Fla-Flu da última semana. Com isso, o Flamengo volta a ter 60 pontos na classificação, voltando a ficar quatro pontos atrás do líder Palmeiras.

Após o presidente do tribunal, Ronaldo Piacente, deferir o pedido do tricolor e inclusive ter marcado o julgamento no pleno do STJD, o procurador-geral do tribunal Felipe Bevilacqua pediu a anulação do julgamento por falta de provas. Ainda segundo o procurador, a leitura labial feita pela Rede Globo, não serve como prova pois os envolvidos no caso negaram a interferência da televisão na decisão de anular o gol de Henrique, que empataria o jogo. 

Para Eduardo Bandeira de Mello, a justiça foi feita e a decisão era esperada pelo clube: "A CBF comunicou que vão devolver os pontos os pontos ao Flamengo. Acho que era mais do que esperado. Eu não sei se a pontuação já está no site da CBF, mas essa decisão era esperada por nós. Até porque seria um absurdo dar esses pontos ao Fluminense, seria protocolar um erro.", declarou.

Bandeira vê decisão como um combustível para a busca do hepta

Ainda sobre a devolução dos pontos, Bandeira destacou o esforço da diretoria, capitaneada pelo Vice-Presidente jurídico, Flávio Wilemann, e vê a decisão como um trunfo para os jogadores buscarem o heptacampeonato na reta final do Campeonato Brasileiro:

"O Flamengo recebeu com muita alegria a decisão do STJD de arquivar a denúncia feita pelo Fluminense visando à anulação do jogo. Estávamos bastante tranquilos porque não houve interferência externa e seria uma injustiça invalidar o jogo por conta da correta anulação de um gol ilegal do clube adversário. É uma vitória importante que vai representar um combustível a mais para o jogo de domingo. Com isso, os jogadores veem que a diretoria está fazendo de tudo para dar total condição de jogo para que eles conquistem o heptacampeonato para o Flamengo.", pontuou.