Zé Ricardo valoriza vitória com gol no fim: "Conseguimos depois de tanto insistir"

Após vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Coritiba, treinador falou sobre as mudanças, a importância do elenco e ainda explicou o corte de última hora do meia Éverton

Zé Ricardo valoriza vitória com gol no fim: "Conseguimos depois de tanto insistir"
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Neste sábado (22), o Flamengo reencontrou o caminho da vitória. Em partida difícil contra o Coritiba, na Ilha do Urubu, o Rubro-Negro sofreu, mas venceu por 2 a 1 com gols de Berrío e Éverton Ribeiro, de pênalti no fim do jogo, e afastou a sequência ruim que estava tendo.

Após a partida, o técnico Zé Ricardo concedeu entrevista coletiva e falou sobre o jogo no geral. "Ansiedade atrapalha um pouco, alguns estreando hoje desde o início, outros com quatro ou cinco partidas sem jogar. O gol cedo do Coritiba no segundo tempo tirou a tranquilidade. Foi um momento crítico. O Coritiba teve oportunidades, mas depois equilibramos emocionalmente e tomamos conta. Tivemos bola na trave, gol anulado e depois de tanto insistir chegamos ao gol da vitória", disse o comandante.

Com os olhos na Copa do Brasil, o Flamengo entrou em campo com um time modificado na partida de hoje, e o técnico Zé Ricardo explicou o motivo dando ênfase a quantidade de jogos no calendário brasileiro.

"Valorizar o elenco. Sabemos que há campanha longa, jogos desgastantes. Teve jogador que deixamos fora hoje com sequência de nove jogos, viagens. Percebemos que havia risco aumentado de lesão. Todos queriam jogar, mas tivemos conversas especificas, tivemos com Diego. A importância de valorizar o elenco, ter todos à disposição" - afirmou.

O técnico ainda explicou a entrada de última hora do colombiano Berrío, que substituiu Éverton - cotado para começar a partida, mas teve febre antes do início do jogo. "O Everton treinou normalmente ontem [sexta], mas à noite se mostrou incomodado com a gripe. Não tive contato hoje cedo pois dei treino a quem não foi relacionado, só quando vim para cá soube que ele estava debilitado. Ele fez o aquecimento, mas reclamou bastante. [...] A opção do Berrío foi trazer o Geuvânio para o lado oposto, trabalhar com a perna aberta e aproveitar o Berrío. No gol, ele [Berrío] aproveitou toda a sua capacidade física", comentou Zé Ricardo.

Zé Ricardo ainda comentou sobre a partida do meia Éverton Ribeiro, que jogou centralizado e se mostrou muito participativo nas jogadas de criação, além de converter o pênalti aos 45 minutos do segundo tempo.

"Fez o que a gente espera dele. Ele é cerebral, consegue jogar de forma versátil, pelo lado, centralizado, fazendo segundo atacante. Depois que recuamos, fez bem a meia. Com a entrada do Vizeu veio do lado, criou situações. É muito inteligente", exaltou o técnico.

Flamengo agora volta suas atenções para o meia da semana, mais especificamente para quarta-feira (26), quando enfrenta o Santos na Vila Belmiro, pelo jogo de volta da Copa do Brasil, às 21h45.


Share on Facebook