Meia de origem, Paquetá marca como 'falso 9' e agradece Rueda: "Me sinto à vontade"

Com dúvidas para a posição, jovem da base foi um dos últimos a ser escalado como titular para o jogo da final; jogador atuou como 'falso 9' e marcou o gol rubro-negro no Maracanã

Meia de origem, Paquetá marca como 'falso 9' e agradece Rueda: "Me sinto à vontade"
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Meio-campista de origem, Lucas Paquetá atuou na noite dessa quinta-feira (07) como 'falso 9' e anotou o único gol do Flamengo no primeiro jogo da decisão contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil. Com jogo de ida no Maracanã, jogador da base rubro-negra mostrou vontade e se movimentou bastante durante os 82 minutos que esteve em campo, saindo para a entrada de Gabriel no final da partida.

Com a suspensão de Guerrero e a lesão de Felipe Vizeu, a posição de centro-avante estava em aberto. A dor de cabeça do técnico Reinaldo Rueda foi solucionada com a improvisação de Paquetá - que já havia atuado como titular nessa posição no jogo contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro

"Me sinto à vontade por estar em campo. Quero jogar, brigar, ajudar o Flamengo. Tive mais uma oportunidade ali na frente. Minha posição de origem é no meio-campo, mas onde o professor quiser me botar darei meu melhor", comentou.

O atacante, apesar de lamentar o empate, comemorou a chance de estar em campo e de conseguir marcar. "Poderíamos sair com a vitória, mas faz parte de um jogo de futebol. Fico feliz em participar dessa final e pelo gol. Fizemos uma excelente partida e agora vamos decidir o título na casa deles", completou o jogador.

Para o segundo jogo da final, o peruano Guerrero deve ser o títular, já que cumpriu a suspensão por três cartões amarelos recebidos durante a competição.

A finalíssima acontece dia 27 de setembro, no Mineirão, às 21h45 e não tem critério de desempate por gols dentro ou fora de casa, qualquer empate leva a decisão para os pênaltis.