Jogadores do Flamengo focam na Sul-Americana após derrota para Botafogo

Rodolfho, Cuellar e Arão lamentaram revés diante do rival, mas discurso é de página virada; Fla enfrenta a Chape nesta quarta pela competição continental

Jogadores do Flamengo focam na Sul-Americana após derrota para Botafogo
Foto:Gilvan de Souza/Flamengo

No clássico entre Botafogo e Flamengo deste domingo (10), a equipe que saiu mais feliz da partida foi a alvinegra. Por 2 a 0, no Estádio Nilton Santos, o mandante da noite venceu com dois gols de Roger. 

A equipe da Gávea, porém, iniciou a partida com um time misto, mesclando titulares com jogadores que não vinham atuando com frequência.

Para o técnico Reinaldo Rueda"a escalação diante do Botafogo não foi para priorizar a Sul-Americana e a final da Copa do Brasil. É para dar oportunidade para quem não tem jogado com regularidade".

No entanto, como a distância para os times que lideram o Campeonato Brasileiro é grande, a Copa do Brasil e a Sul-Americana são as maiores chances de títulos do rubro-negro no ano e de garantir uma vaga para a Libertadores em 2018.

Ponto forte da equipe nos últimos jogos, a defesa rubro-negra acabou sofrendo com as falhas. Ao lado de Rafael Vaz, Rhodolfo não garantiu a proteção recorrente após a chegada de Rueda e o Fla sucumbiu diante do rival.

"Conseguimos sair jogando bem algumas vezes, mas o segundo tempo foi mais equilibrado. Sabemos da nossa responsabilidade. Fizemos um bom primeiro tempo, agora é treinar", falou Rhodolfo.

Titular ao lado de Rômulo, Cuéllar lamentou a falta de pontaria nas oportunidades de gol que o Flamengo teve. "Infelizmente, no primeiro tempo não concretizamos as chances que o Botafogo mesmo deu para gente e o jogo é assim, quem não faz toma. Temos que melhorar muita coisa, olhar para frente e pensar na Chapecoense", disse o colombiano.

Na etapa complementar, Willian Arão tentou, mas também não foi eficaz. Já focado na Sul-Americana, o volante enfatizou a disputa em 180 minutos. "Nada será decidido nesta primeira partida. Ainda teremos o jogo da volta (contra a Chapecoense), no Rio de Janeiro", comentou o camisa 5.

O Flamengo volta a disputar uma partida nesta quarta (13), às 19h15, no primeiro jogo contra a Chapecoense pelas quartas-de-final da Copa Sul-Americana, na Arena Condá. O segundo jogo acontece sete dias depois (20), na Ilha do Urubu.