Duelo de Rubro-Negros: Flamengo e Sport se enfrentam buscando reafirmação

Flamengo recebe Sport na Ilha do Urubu neste domingo buscando reencontrar o caminho das vitórias, nos últimos três jogos foram dois empates e uma derrota; já o Sport não vence há seis no Brasileiro

Duelo de Rubro-Negros: Flamengo e Sport se enfrentam buscando reafirmação
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
FLAMENGO
SPORT
FLAMENGO: ALEX MURALHA (DIEGO ALVES); PARÁ, RÉVER, RHODOLFO E RENÊ; CUÉLLAR, WILLIAN ARÃO, DIEGO E ÉVERTON RIBEIRO; BERRÍO E GUERRERO. TEC: REINALDO RUEDA.
SPORT: MAGRÃO; RAUL PRATA, DURVAL, RONALDO ALVES E SANDER; PATRICK, RITHELY, WESLEY, LENIS E MENA; ANDRÉ. TEC: VANDERLEI LUXEMBURGO
ÁRBITRO: VINICIUS GONÇALVES DIAS ARAÚJO (SP) AUXILIADO POR MARCELO CARVALHO VAN GASSE (SP) E HERMAN BRUMEL VANI (SP).
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 24ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2017. O JOGO OCORRERÁ NA ILHA DO URUBU, ÀS 16H.

Neste domingo (17), Flamengo e Sport se enfrentam na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto entre os rubro-negros é marcado sempre por provocações envolvendo a discussão sobre quem é o verdadeiro campeão de 87 e polêmicas recentes, sobre lances duvidosos nos últimos embates.

Para essa partida, as equipes vivem momentos distintos. Com o olho no jogo de volta da Sul-Americana que ocorre na próxima quarta-feira (19), o Flamengo vai para o confronto com algumas baixas, como a do meia Éverton, o que pode fazer com que o técnico Reinaldo Rueda entre com um time modificado para o Sport.

Já o Leão, apesar de ter ganho a última partida pela Sul-Americana, não vence há seis jogos no Brasileiro e ganhou um ponto em dezoito possíveis. Para o jogo deste domingo, o técnico Luxemburgo mantém a base da escalação montada para o jogo contra Ponte no meio da semana e pede equilíbrio defensivo à sua equipe.

Histórico dos confrontos no Campeonato Brasileiro: 16 vitórias do Flamengo, 11 empates e 8 vitórias do Sport.

Semana agitada e jogo na próxima quarta-feira podem atrapalhar Flamengo

Após o jogo contra a Chapecoense no meia da semana, o Flamengo se reapresentou ao Ninho do Urubu com uma única baixa: a constatação da lesão de grau 2 na panturrilha do meia Éverton. Após o treino da sexta-feira (15) o goleiro Thiago se queixou de dores no punho esquerdo, onde foi constatada uma lesão que pode tirá-lo da final.

Como um contrapeso em meio às baixas no elenco, a notícia de que Diego havia sido convocado pelo técnico Tite para as eliminatórias deu um novo ar ao grupo. Sem Éverton e Thiago para o jogo contra o Sport, o técnico Reinaldo Rueda pode iniciar a partida com Alex Muralha no gol e a dupla Éverton Ribeiro e Diego no meio.

Sobre o time que pode enfrentar o Sport, há a expectativa de que Renê, ex-jogador do Sport e recuperado de lesão, volte a atuar na lateral esquerda. Como dito anteriormente, Rueda pode utilizar Diego e Éverton Ribeiro juntos, ou dar a vaga a Vinicius Jr visando o jogo de volta da Copa Sul-Americana.

Há também a remota possibilidade de que o colombiano Rueda faça um rodízio no elenco, dando chance à jogadores menos aproveitados, de olho no jogo do meia da semana contra a Chapecoense e também a final da Copa do Brasil no dia 27, contra o Cruzeiro.

Desfalques: Thiago, Ederson, Éverton e Felipe Vizeu (lesionados).

Em má fase e sem Diego Souza, Sport aposta em equilíbrio defensivo e velocidade

Apesar de não vencer a seis jogos no Brasileiro, o Sport aplicou 3 a 1 em cima da Ponte Preta na Ilha do Retiro pela Copa Sul-Americana no meio da semana. No jogo, a surpresa positiva para o Leão foi a entrada do lateral Raul Prata na vaga do contestado Samuel Xavier, dando maior consistência defensiva e contribuindo com uma assistência.

Para o confronto com o Flamengo, Luxemburgo não contará com o seu principal jogador, o meia Diego Souza, que está suspenso da partida e o zagueiro Oswaldo Henríquez. No esboço montado por ele (Luxemburgo), Wesley ganhou a vaga de Diego Souza no meio e o experiente Durval voltou a zaga do Leão na vaga de Henríquez.

Com a volta de Durval, o Sport ganha em experiência porém perde em velocidade. Visando maior equilíbrio defensivo, Luxemburgo aposta na dupla Sander e Mena, ambos na esquerda. O primeiro como lateral, já que tem maior poder defensivo e o segundo aberto pelas pontas, assistindo o atacante André

Outro destaque no esboço montado na sexta-feira pelo técnico Luxemburgo é o meia Lenis, ponto de desafogo para o time, e que será bastante acionado durante o confronto. O colombiano é o segundo no ranking de assistências do Brasileiro, além de ser veloz e ajudar no momento defensivo.

Desfalques: Everton Felipe e Leandro Pereira (lesionados); Diego Souza e Oswaldo Henríquez (suspensos).