Autor do gol rubro-negro, Éverton Ribeiro lamenta virada relâmpago sofrida pelo Flamengo

Éverton Ribeiro, camisa 7, foi quem marcou o único gol do Flamengo no confronto; Rubro-Negro saiu na frente no placar, mas sofreu revés poucos minutos depois

Autor do gol rubro-negro, Éverton Ribeiro lamenta virada relâmpago sofrida pelo Flamengo
(Foto: Lucas Uebel / Getty Images)

Neste domingo (5), o Flamengo viu a vitória escapar diante do Grêmio em na Arena do Grêmio; Tricolor venceu de virada por 3 a 1. O Rubro-Negro abriu o placar com Éverton Ribeiro, mas sofreu revés relâmpago após série de falhas defensivas individuais.

Já na zona mista após o confronto, o camisa 7 do Flamengo lamentou muito o resultado negativo - principalmente pela boa partida que a equipe carioca fazia antes de sofrer os gols.

"Viraram em dois minutos. Nos cobramos ali. Não é admissível estar fazendo um bom jogo e em dois minutos tomar uma virada dessa, ainda mais com um time da qualidade do Grêmio, fora de casa, um jogo que a gente tava controlando, mas nos perdemos ali. Nos cobramos dentro do vestiário e a gente não pode ficar nessa situação ai que está", disse Ribeiro. 

Mesmo estando na semifinal da Sul-Americana - com sua melhor campanha na história -, o Flamengo ainda não está garantido na Libertadores de 2018. Ocupando a sétima posição na tabela do Campeonato Brasileiro, os cariocas ainda correm risco de ficar de fora da competição continental. De acordo com o meia, a principal meta do Rubro-Negro é chegar à Libertadores através de uma das vagas do torneio nacional.

Em meio a polêmica com Guerrero, entenda como funciona o passo a passo de exames antidoping

Éverton Ribeiro e Felipe Vizeu comemoram gol em homenagem a Guerrero (Foto: Staff Images/Flamengo)
Éverton Ribeiro e Felipe Vizeu comemoram gol em homenagem a Guerrero (Foto: Staff Images/Flamengo)

"Nosso objetivo é classificar pelo Brasileiro. Primeiro foco que a gente tem que ter é o Brasileiro, que dá a vaga direta. E como eu falei, está acabando o campeonato e a gente está deixando passar as oportunidades, não podemos mais fazer isso. Sei que vai ser difícil, a pressão vai aumentando, mas nós nos colocamos nesta colocação e só nós podemos sair", afirmou.

Os erros individuais de alguns jogadores, como Rafael Vaz e Pará, foram as principais causas para que a equipe saísse derrotada de Porto Alegre. Entretanto, sem querer apontar nomes de companheiros, Éverton preferiu atribuir crédito pela derrota à falta de atenção coletiva.

Maradona, River Plate, Fred... relembre outros casos de doping já conhecidos no mundo da bola

"Acho que a gente estava bem, estava conseguindo fazer um jogo muito bom. Conseguimos abrir o placar, mas acabamos pecando ali na hora de defender, não só a defesa como o ataque também porque está um time ali junto, mas temos que ter mais atenção, ainda mais fora de casa conseguir o resultado", finalizou o camisa 7. 

Festejando seu gol, o meia rubro-negro aproveitou para fazer uma homenagem a seu companheiro Guerrero, que foi suspenso preventivamente pela FIFA após resultado analítico adverso no antidoping. Depois de ter balançado as redes, Ribeiro se dirigiu a uma das câmeras de TV e disse"Paolo, estamos contigo", enquanto fazia gestos iguais às comemorações do peruano.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo volta aos gramados na próxima quarta-feira (8). O adversário da vez é o Cruzeiro; o confronto acontece às 21h45 (horário de Brasília) na Ilha do Urubu.