Flamengo desaprova briga de Rhodolfo e Vizeu, mas não revela punição dada aos jogadores

Em entrevista nesta segunda (20), Rodrigo Caetano declarou que Rhodolfo e Vizeu foram punidos internamente; diretor não revelou qual foi a multa aplicada aos atletas

Flamengo desaprova briga de Rhodolfo e Vizeu, mas não revela punição dada aos jogadores
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Na vitória do Flamengo sobre o Corinthians no último domingo (19), todos os holofotes se viraram à Rhodolfo e Felipe Vizeu, que se envolveram em uma briga ainda no gramado. Apesar de já terem se resolvido entre si, ambos os rubro-negros devem ser denunciados pelo STJD.

Com a trama judicial se desenrolando no extracampo, todos ainda aguardavam por uma posição oficial do Flamengo sobre o ocorrido. Na tarde desta segunda-feira (20), o diretor de futebol Rodrigo Caetano veio a público esclarecer as medidas tomadas pelo clube.

"Vim aqui fazer comunicado aos torcedores sobre os atletas Felipe Vizeu e Rhodolfo. Claro que é algo que o Flamengo não compactua e que lamenta. Não é a imagem que queremos passar. Aplicamos o que é previsto em contrato com eles e regulamento interno, nossa cartilha. Qualquer tipo de punição pecuniária não vai ser comunicada, fica no âmbito interno", afirmou.

O executivo não mencionou explicitamente qual foi a multa dada aos atletas, mas garantiu o repúdio rubro-negro à confusão na Ilha do Urubu. Em entrevista, Caetano ainda ligou sinal de alerta ao falar sobre a constante pressão nos ombros dos jogadores no futebol brasileiro.

STJD irá denunciar Rhodolfo e Felipe Vizeu após confusão na Ilha do Urubu

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

"Creio que esse tipo de situação não tem ocorrido só no Flamengo, que é o que mais me preocupa. É a forma como atletas, seres humanos, que são profissionais defendendo a sua profissão, às vezes é colocada uma carga muito excessiva em cima deles. Ontem era um jogo que se mostrou muito tenso desde o início, e lamentavelmente ocorreram essas cenas, que já foram coibidas internamente. Gostaria de levantar um alerta dessa pressão demasiada. Vale para refletirmos já que são pais de famílias, jogadores", completou.

Ao final de sua rápida coletiva, o diretor de futebol do Flamengo reforçou que não restaram maus lençóis entre Rhodolfo e Felipe Vizeu. Para o dirigente, o essencial é que todo esse ímpeto dos atletas seja transformado em combustível para novas vitórias dentro das quatro linhas.

"Ambos admitiram, ambos já foram chamados atenção, e é isso. Não houve nenhum tipo de resquício em relação ao relacionamento deles, mas também com os demais. A gente espera que esse desejo, essa indignação de vencer seja traduzida dentro de campo, buscando o tempo todo a vitória", concluiu.

O próximo compromisso do Flamengo é na quinta-feira (23). O Rubro-Negro recebe o Junior Barranquilla no Maracanã; o confronto é válido pelas semifinais da Sul-Americana. Os ingressos para a partida já começaram a ser vendidos.