Copinha VAVEL: o que esperar do Flamengo na Copa São Paulo de 2018

Diferentemente dos anos anteriores, rubro-negro carioca vai para a Copa São Paulo de Futebol Júnior como incógnita; equipe caiu no Grupo 21 ao lado de Ji-Paraná-RO, Aimoré-RS e Oeste-SP

Copinha VAVEL: o que esperar do Flamengo na Copa São Paulo de 2018
Sem nomes conhecidos como nas edições anteriores, Fla vai para a Copinha como incógnita | Foto: Staff Images/Flamengo

Celeiro de grandes craques do futebol brasileiro, a Copa São Paulo de Futebol Júnior é a competição nacional mais importante para as categorias de base do país. Chegando à sua 49ª edição, a Copinha tem início nesta terça-feira (2), seguindo até o dia 25, data da grande final - e do aniversário de 464 anos da cidade de São Paulo.

No Grupo 21, o tricampeão Flamengo tentará seu quarto título, iniciando sua campanha nesta quarta-feira (3), contra o Ji-Paraná na Arena Barueri - às 21h30. Aimoré-RS e Oeste-SP complementam a chave rubro-negra. 

Diferentemente das edições anteriores - em que o Flamengo chegou como um dos favoritos, tendo sido campeão em 2016, o desempenho rubro-negro para 2018 é uma incógnita, visto o conturbado ano de 2017 vivido não apenas pelos profissionais, mas também nas categorias de base.

Ainda comandado por Gilmar Popoca, o sub-20 acabou foi eliminado ainda na primeira fase do Campeonato Brasileiro, ficando em terceiro no Grupo C com duas vitórias e duas derrotas, atrás de Coritiba e Grêmio, que avançaram na competição. Em junho, foi vice-campeão da Copa do Brasil para o Atlético-MG, perdendo nos pênaltis na Ilha do Urubu.

Durante as finais do Campeonato Carioca, o treinador foi demitido, dando lugar a Maurício Souza, antes técnico da categoria sub-17: o Fla acabou com o vice-campeonato estadual, perdendo para o Vasco em agosto.; vice-campeão do Campeonato Carioca para o Vasco em agosto. 

Última competição disputada pelo sub-20 do Flamengo em 2017, a Copa RS Internacional não deixou uma boa expectativa para a Copinha deste ano. No Grupo C ao lado de Huracán (ARG)JuventudePonte Preta e Cruzeiro, os Garotos do Ninho tiveram um péssimo desempenho e terminaram na lanterna da chave, com quatro derrotas em quatro partidas.

"Estamos indo com uma equipe muito qualificada, porém ainda muito jovem. Muitos garotos que eram a base da nossa equipe Sub-20 subiram para o profissional, o que é ótimo e mostra que o trabalho do futebol de base vem sendo muito bem feito no Flamengo", disse o treinador.

Complementando, Maurício relembrou os feitos pela equipe em 2017. "Recebemos uma turma de muito talento que foi bicampeã carioca na categoria Sub-17 e chegou à semifinal da Copa do Brasil em 2017, mas que chega agora ao Sub-20 e que ainda tem muito a evoluir, o que é mais do que normal na idade. Independentemente disso, vestimos a camisa do Flamengo, e quem veste esse Manto Sagrado, sempre tem que pensar em título. Vamos fortes sim para essa competição, e esperamos evoluir a cada partida e ir muito longe na Copinha", finalizou.

Antes treinador sub-17, Maurício Souza será o comandante rubro-negro na Copinha | Foto: Staff Images/Flamengo
Antes treinador sub-17, Maurício Souza será o comandante rubro-negro na Copinha | Foto: Staff Images/Flamengo

No entanto, há pontos positivos a serem destacados em relação ao 2017 do sub-20. Bons nomes podem pintar como destaques do Flamengo na Copinha: o zagueiro Matheus Dantas, além dos volantes Hugo Moura e Theo, do meia Yuri e do atacante Lucas Silva.

Quem também é bem visto antes do início da Copa SP de Futebol Júnior é Hugo Souza. Destaque na final do Estadual sub-20 -mesmo com o vice-campeonato, o goleiro pegou tudo diante do Vasco, principalmente no segundo jogo. Com 1,99m e muita agilidade, Hugo Souza tem potencial para se tornar um goleiro seguro e de destaque no futuro.

Aos 18 anos, tem técnica acima da média para sua idade e é mais um bom nome da safra de goleiros formadas nas categorias de base rubro-negra, assim como CésarGabriel Thiago.

Solução na base: após um 2017 cheio de problemas na posição de goleiro no profissional, Hugo Souza pinta como bom nome para o futuro | Foto: Divulgação/Flamengo
Solução na base: após um 2017 cheio de problemas na posição de goleiro no profissional, Hugo Souza pinta como bom nome para o futuro | Foto: Divulgação/Flamengo

Confira a lista dos relacionados pelo Flamengo para a disputa da Copinha:


Goleiros: 

- Hugo Souza
- Pedro Caracoci
- Victor Hugo
- Yago Darub

Laterais:

- Michael
- Ramon
- Wesley

- Pablo

Zagueiros:

- Aderlan
- Bernardo
- Matheus Dantas
- Patrick

Volantes:

- Hugo Moura
- Matheus Alves
- Theo
- Vinicius Souza

Meias:

- Luiz Henrique
- Patrick Valverde
- Pepê
- Yuri

Atacantes:

- Bill
- Lucas Silva
- Samuel
- Vitor Gabriel
- Wendel