Com desfalques, Fluminense e Coritiba se enfrentam no Rio e buscam embalar no Brasileirão

Tricolor não tem apresentado boas performances nos últimos jogos e a torcida foi protestar durante treino. Coxa venceu o rival Atlético-PR e busca primeira vitória fora de casa

Com desfalques, Fluminense e Coritiba se enfrentam no Rio e buscam embalar no Brasileirão
Foto: Divulgação/Fluminense FC
Fluminense
Coritiba
Fluminense: Diego Cavalieri; Weilligton Silva, Gum, Henrique e Willian Matheus; Pierre, Edson, Dudu e Gustavo Scarpa; Osvaldo e Magno Alves. Técnico: Levir Culpi
Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho, Carlinhos; João Paulo, Amaral (Alan Santos), Juan, Felipe Amorim (Kazim); Leandro e Kleber. Técnico: Pachequinho
ÁRBITRO: Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS), auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Rafael da Silva Alves (Asp Fifa/RS).
INCIDENCIAS: 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogo a ser realizado no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro (RJ), às 16h (de Brasília).

Em situações parecidas, Fluminense e Coritiba se enfrentam neste sábado (2), em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. A bola rola às 16h (de Brasília) e a VAVEL Brasil transmite o jogo em tempo real.

Após vencer o Flamengo, esperava-se que o Fluminense fosse embalar no Brasileirão, mas a equipe acabou sendo derrotada para o São Paulo, na última quarta-feira, no Morumbi. Além da derrota, a má performance do Tricolor - que já dura há algum tempo - incomodou a torcida que foi cobrar em protesto nas Laranjeiras, nesta sexta-feira (1). O Flu está quatro pontos do G-4, porém é a mesma distância de pontos do Z-4, por isso a vitória é fundamental.

O Coritiba, apesar de ser o primeiro time fora da zona de rebaixamento, está num momento de paz após a vitória no clássico contra o Atlético-PR. Em caso de vitória, o Coxa pode igualar o número de pontos do Flu, que é o 12º colocado, e se aliviar no Brasileiro. O Coxa ainda não venceu fora de casa no Brasileirão.

Com desfalques, Levir promove estreia de lateral

A derrota para o São Paulo não trouxe somente protesto da torcida na sexta-feira, mas também trouxe dor de cabeça para Levir Culpi. O treinador terá três desfalques por suspensão automática: Douglas, Cícero e Giovanni estão fora do jogo deste sábado.

Apesar dos desfalques, Levir já definiu os substitutos dos três jogadores. Nos lugares de Douglas e Cícero, entram Pierre e Dudu, enquanto no lugar de Giovanni entrará William Matheus, que fará sua estreia pelo Fluminense. No ataque, o treinador deverá trocar Maranhão por Osvaldo como companheiro de Magno Alves.

Quem não deve ir para jogo é Marcos Junior. O atacante vinha sofrendo de dores no púbis e não atuou contra o São Paulo, na quarta-feira. No treino de sexta, ele correu em volta do gramado, mas sequer figurou entre os reservas na atividade.

Sobre as baixas no elenco, o meia Gustavo Scarpa afirma que todos tem capacidade de ajudar e pede o apoio da torcida na busca pela vitória. "Todo mundo que está no Flu tem a confiança do grupo, capacidade de entrar e ajudar. Não vamos pensar em quem está fora. Vamos apoiar quem vai entrar e vamos lutar juntos pelo resultado positivo", declarou.

Coxa têm desfalques, mas busca primeira vitória fora de casa

Após vencer o rival Atlético-PR, o Coritiba teve dias mais tranquilos para a preparação do jogo contra o Fluminense. Porém, como nem tudo são flores, o Coxa terá dois desfalques: o meia Ruy e o atacante Iago sofreram com dores musculares após a vitória sobre o Furacão. Além deles, o volante Edinho, titular nos últimos cinco jogos, levou o terceiro cartão amarelo e também está fora.

O técnico Pachequinho deu um "descanso" para os atletas no último treino antes do jogo deste sábado, dando apenas treino recreativo. Além da ausência de Ruy, Iago e Edinho, o Coritiba não vai poder contar com Benítez, González e Ceará, que continuam no departamento médico.  Quem volta ao banco é o técnico Pachequinho, que cumpriu suspensão no clássico, quando foi substituído pelo auxiliar Márcio Goiano.

O garoto Dodô, de apenas 17 anos, prata da casa, sabe que o time tem de ficar atento ao contra-ataque do Fluminense. Ele afirma que o Coxa vai em busca da vitória, que seria um respiro para a equipe.  “O ponto forte deles é contra-ataque. A gente tem que ficar esperto com isso lá. E tem que ir em busca da vitória, nosso time está focado e com vontade de vencer no campeonato. Se Deus quiser, vamos fazer uma boa partida”, disse.