Fluminense fica próximo de acerto com Danilinho, ex-Galo

Tricolor está próximo de anunciar Danilinho, ex Galo e atualmente no México

Fluminense fica próximo de acerto com Danilinho, ex-Galo
Danilinho viveu seu melhor momento no Galo (Foto: Bruno Cantini / Flickr do Atlético-MG)

Faltando apenas seis dias para o fechamento das transferências internacionais do Brasil, o Flu fica muito perto de anunciar Danilinho, ex Galo. Após Henrique Dourado e, provavlemente, Wellington Silva, o Tricolor das Laranjeiras está próximo da contratação de mais um atacante.

Danilinho foi destaque no Atlético Mineiro, es atualmente está emprestado pelo Querétaro ao Jaguares, ambos do México. Há possibilidde do atacante chegar ao Rio de Janeiro ainda nesta semana. Procurado, o representante do clube mexicano no Brasil, Jailton Oliveira, preferiu manter a cautela. 

"Estamos conversando, mas não tem nada certo ainda. Existem outras possibilidades", disse Jailton.

A direção tricolor ainda busca um meia e foca no mercado sul-americano numa verdadeira corrida contra o relógio.

Próximo ao Flu, Danilinho é velho conhecido de Levir Culpi

O atacante Danilinho é um velho conhecido do comandante tricolor, Levir Culpi. O jogador trabalhou com o técnico no Atlético Mineiro, onde o atacante viveu seu melhor momento e chegou a ser convocado para a seleção brasileira sub-20. No méxico, além de Quarétaro, Danilinho defendeu o Jaguares e o Tigres.

A carreira

Naturalizado mexicano, Danilo Veron Bairros, o Danilinho, foi para a Europa, jogar no clube alemão Schalke 04 aos 16 anos mas, pela pouca idade e dificuldade na adaptação, não obteve sucesso. De volta ao futebol brasileriro teve passagens discretas pelo Mirassol, Santos e América.

Em 2006 foi negociado com o Atlético Mineiro para a disputa da série B do Campeonato Brasileiro, foi o destaque da competição ajudando o Galo a voltar à elite do futebol. Em 110 partidas disputadas pelo clube mineiro foram 30 gols.

Danilinho disputou o Campeonato Sul Americano sub-20 de 2007 sagrando-se campeão e um dos principais jogadores da equipe na campanha do título.

O atacante foi para o México onde atuou pelo Jaguares, Quarétaro e Tigres. No último, em 2011, conquistou o Campeonato Mexicano e foi eleito o melhor jogador da competição. Voltou ao Brasil e atuou pela segunda vez no Atlético Mineiro numa passagem discreta de um pouco menos de um ano.

Após faltar consecutivamente ao segundo dia de treino sem justificativa, a diretoria do Atlético Mineiro anunciou que resolveria junto ao departamento jurídico do clube a rescisão do contrato de empréstimo do jogador, que voltou ao Tigres, do México.