Em abril, Fluminense venceu Atlético-PR e conquistou o título da Primeira Liga; relembre

Com gol de Marcos Junior, no segundo tempo, o time de Levir Culpi conquistou o primeiro título da Primeira Liga

Em abril, Fluminense venceu Atlético-PR e conquistou o título da Primeira Liga; relembre
(Foto: Fluminense / Divulgação)

Foi na noite de uma quarta-feira (20), em abril, Fluminense e Atlético Paranaense se enfrentaram no Estádio Municipal de Juiz de Fora (MG), em partida decisiva, valendo título da Primeira Liga de 2016. Com vitória por 1 a 0, com gol marcado por Marcos Junior, o Tricolor se sagrou campeão da Primeira Liga. Relembre como foi!

Primeiro tempo movimentado, mas sem gols

A partida começou muito movimentada, com as duas equipes tendo postura ofensiva, o time rubro-negro assustou aos dois minutos, na finalização cruzada de Walter para a defesa de Cavalieri e o tricolor respondeu aos nove minutos, na cabeçada de Cícero, após cobrança de escanteio, obrigando o goleiro Weverton a fazer uma defesa em dois lances.

O jogo que antes estava equilibrado, deu lugar a domínio do Fluminense, começando a por a defesa paraense sob perigo e pressão. As jogadas mais perigosas do time carioca saíam dos pés de Gustavo Scarpa, Oswaldo e Wellignton Silva, visando o atacante Magno Alves.

Porém, a partir dos 30 minutos, o time do Fluminense parou e o foi o Atlético que começou a pressionar e a assustar o adversário. A equipe paranaense quase marcou com Eduardo, num chute de longe, rasteiro muito próximo a trave, e Walter quase marcou, aparecendo livre na área, mas finalizando por cima do gol.

Na parte final do primeiro tempo, a partida estava aberta, mas com vantagem para o time rubro-negro, que teve a chance mais clara de abrir o placar, aos 37 minutos, após o bate-rebate na área, a bola sobrou para Vinícius bater de primeira e acertar o travessão de Diego Cavalieri. Os times ainda buscaram o gol, mas a primeira parte acabou com o marcador zerado.

Marcos Junior dá titulo da Primeira Liga ao Fluminense

No segundo tempo, o Fluminense voltou melhor, aproveitando os erros de saída de bola do time adversário. O Tricolor teve uma grande chance de abrir o placar aos seis minutos, quando Magno Alves driblou o goleiro Weverton, não finalizou e passou para o meio da área, a defesa atleticana tirou quase em cima da linha, mandando para escanteio.

O time tricolor seguiu melhor, porém agora encontrando dificuldades para criar oportunidades, com o time atleticana consertando os erros defensivos. O Fluminense assustou novamente aos 25 minutos, quando Cícero cruzou rasteiro para área,  Marcos Júnior e Magno Alves não alcançaram e a bola passou por toda a extensão da pequena área, saindo em tiro de meta.

O Fluminense tinha mais posse de bola, porém o jogo era muito brigado no meio-campo, com as equipes quase sem espaço para trabalhar a bola. Porém, aos 35 minutos, numa desatenção, Magno Alves ganhou de Paulo André e passou para Marcos Júnior, o atacante invadiu a área chutou entre as pernas do goleiro, marcando para o tricolor.

Na parte final, Paulo Autuori fez mudanças em sua equipe, pondo Atlético Paranaense para o ataque, em busca do empate. No entanto, o time do Fluminense segurou o ímpeto e pressão do time paranaense, mantendo a vantagem mínima e se sagrando o primeiro campeão da Copa da Primeira Liga.