Marcos Júnior reclama da grama sintética, mas afirma: "Não podemos colocar a culpa no campo"

Com a derrota, o Tricolor caiu para a 12ª colocação e aparece com 21 pontos em 16 rodadas

Marcos Júnior reclama da grama sintética, mas afirma: "Não podemos colocar a culpa no campo"
(Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)

Não foi neste domingo (24) que o Fluminense conseguiu sua segunda vitória consecutiva no Brasileirão. Jogando na Arena da Baixada, o Tricolor foi derrotado pelo Atlético-PR por 1 a 0, gol marcado por Hernani, em jogo válido pela 16ª rodada. Na saída do gramado, Marcos Júnior reclamou da grama sintética, mas afirmou que ela não pode ser culpada pela má atuação da equipe.

"Faltou futebol no primeiro tempo. Faltou também concentração. A grama sintética não ajudou muito e nós não estávamos acostumados. Mas também não podemos colocar toda a culpa no campo. Precisamos manter a concentração e melhorar", declarou.

Com a derrota, o Tricolor caiu para a 12ª colocação e aparece com 21 pontos em 16 rodadas. Já o resultado foi excelente para o Atlético-PR que entra na zona dos quatro classificados à Copa Libertadores pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, com 27 pontos conquistados.

Próximo compromisso do Fluminense será já na próxima quarta-feira (27), quando enfrenta o Ypiranga, às 21h45, no Colosso do Lagoa, pela Copa do Brasil. Pelo mesmo torneio, o Atlético-PR também conhece seu adversário: a Chapecoense, no mesmo dia, às 19h30, na Arena Condá.