Levir Culpi diz que vitória era obrigação: "Não dá para comparar elencos"

Treinador elogiou equipe do Ypiranga-RS, mas frisou que o Flu tinha obrigação de vencer

Levir Culpi diz que vitória era obrigação: "Não dá para comparar elencos"
Foto: Divulgação/Fluminense FC

Após a vitória sobre o Ypiranga-RS e a classificação confirmada para as oitavas de final da Copa do Brasil (veja como foi a vitória), o técnico Levir Culpi tratou a vitória nesta quarta-feira (27) como obrigação. Segundo o treinador, o Fluminense tem mais elenco e o investimento é mais alto, por isso deveria vencer.

"O time deles tem uma boa estrutura, o Leocir (Dalla'Astra, técnico do Ypiranga) está com eles há muito tempo, tem um bom time. Sentimos um pouco as dimensões do campo, os jogadores se queixaram. O campo é maior. Mas mesmo assim, não dá para comparar os elencos, o investimento também. Não fizemos mais do que a obrigação em vencer a partida", declarou Levir Culpi.

O Fluminense dominou toda a partida, principalmente no segundo tempo. A equipe do técnico Levir Culpi terminou o jogo com 70% de posse de bola, mas demorou para abrir o placar. Somente aos 27 minutos do segundo tempo que o primeiro gol saiu com Cícero.

"O campo era muito grande e nosso time tem jogadores de qualidade técnica. Tivemos a posse de bola. Se formos pensar em número de chances, em sufoco no adversário, até que não teve muito. A questão é que fizemos as principais, não tomamos gol e vencemos. Os jogadores estão de parabéns. O ambiente vai ficando tranquilo. Temos uma sequência grande pela frente", disse.

Confira outras respostas da coletiva de Levir:

- Boa estreia de Wellington

"Ele precisa de um espaço maior, de uma preparação melhor. Henrique Dourado também, assim como os outros reforços. Mas são jogadores de qualidade. Nosso time tem tendência para evoluir nessa competição."

- Ypiranga recuado

"Esperava isso. Um time fechado e puxando os contra-ataques. Fizeram isso no jogo passado, fizeram isso no último jogo. Está dentro das características do clube. Dentro da capacidade de investimento, fizeram um bom jogo. Mas nós não fizemos mais do que a nossa obrigação. Tínhamos de vencer para passar. Não foi um grande jogo, mas mostrou bem o pensamento das duas equipes."

- Dificuldades com o tamanho do campo

"Jogamos no Atlético, campo de 105m por 68m, mas era grama sintética. É ótimo, mas não estamos adaptados. E a bola corre muito. Jogamos hoje e tenho impressão que o campo tinha 110m por 75m, gramado natural, alto, muda o jogo. Temos um grupo de qualidade, a bola fica mais no pé. É difícil enfrentar o Fluminense em um campo grande. Já no campo menor, marcação apertada, bola espirrando, os erros de passe aumentaram. Hoje não criamos tantas situações, mas fomos eficientes. Fizemos o que tínhamos de fazer."