Antes criticada, defesa do Fluminense é a melhor do Brasileiro

Tricolor venceu o Santa Cruz por 1 a 0 no último domingo e também terminou a rodada como a defesa menos vazada do Brasileirão, com 18 gols

Antes criticada, defesa do Fluminense é a melhor do Brasileiro
Foto: Nelson Perez/ Fluminense F.C

Por: Bruna Alvarado

No começo do ano, a defesa do Fluminense era o alvo de fortes críticas, o que talvez tenha sido fator principal da saída do técnico Eduardo Baptista. Hoje o time tem novos resultados com o técnico Levir Culpi. Após 20 partidas disputadas, a defesa se tornou a menos vazada do Campeonato Brasileiro. Além disso, em metade dos jogos a defesa acabou saindo sem sofrer gols.

Na noite de ontem, o Corinthians acabou sofrendo um gol do Vitória e deixou de dividir a primeira colocação com a defesa tricolor. Com 18 gols sofridos, o Tricolor se separou dos paulistas Corinthians e Santos, que levaram 19 até o momento.

Gum, capitão da equipe, atribuiu o bom desempenho ao entrosamento e ao esquema tático de Levir. A meta agora é conseguir manter.

“É a evolução do conjunto da equipe, a defesa nem o ataque jogam sozinhos. Um setor tem ajudado o outro, o meio de campo também, são três setores que têm melhorado, jogado mais próximos. Temos que continuar nesse foco de sofrer poucos gols, uma equipe bem compacta. Se continuarmos assim vamos almejar coisas melhores na competição. Nessa caminhada podemos buscar um G-4  aí e depois, naturalmente, poderemos alçar até voos maiores. Todos estão se comprometendo ao que o Levir está pedindo, a fechar os espaços. Uma equipe que leva poucos gols fica muito mais próxima da vitória ”, afirma Gum.

Outro integrante importante, Welligton Silva, sexto maior ladrão de bola do campeonato, também não conseguiu deixar de parabenizar o rendimento defensivo da equipe. O lateral foi um dos destaques na vitória por 1 a 0 sobre o Santa Cruz, no último domingo, até ter que deixar o campo com uma torção no tornozelo direito.

“A gente estava conversando, é uma coisa boa. De 20 times da Série A ser uma das melhores defesas para gente ali atrás é gratificante e estamos querendo continuar assim. Lá na frente fazendo gols e lá atrás não tomando, assim a gente vai conquistar nossos objetivos”, afirmou otimista Wellington Silva.

O Fluminense  somou 31 pontos, subiu uma posição e agora é o oitavo colocado do Brasileiro. Com um jogo a menos que os demais, time consegue diminuir distância para o G-4 para seis pontos.  O Tricolor ganhou a segunda e a terça de folga e se reapresenta na tarde de quarta-feira, nas Laranjeiras. O time de Levir Culpi volta a campo no próximo domingo, contra o líder Palmeiras, às 16h (de Brasília), no Mané Garrincha, no Distrito Federal.