Levir se diz "burro com sorte" e explica porque optou por equipe sem centroavante

Treinador confessou que quis substituir Gustavo Scarpa e acredita que Fluminense possa pensar alto no Campeonato

Levir se diz "burro com sorte" e explica porque optou por equipe sem centroavante
Levir dá instruções ao time na vitória por 4 a 2 contra o Atlético-MG (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Após uma grande vitória do Fluminense contra o Atlético Mineiro em partida válida pela 24º rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Levir Culpi comemorou a atuação da equipe e esclareceu a opção por um time sem centroavante. Segundo Levir, a partida pedia um time mais veloz, sem um homem de área. O técnico ainda aproveitou para descontrair, se dizendo um "burro com sorte" quando pensou em substituir o meia Gustavo Scarpa mas decidiu mantê-lo até o apito final.

"Hoje não queria o Dourado, que fica mais na área. Queria um time mais rápido. O resultado veio. Vou confessar que o Scarpa esteve a ponto de sair do jogo porque errou alguns passes. Mas sei que tem chute decisivo, e isso me segurou. Esses jogos fazem com que a torcida se aproxime do time. No Brasil jogamos muito com o emocional. Mostrei ao time onde poderíamos chegar com a vitória." ressaltou Levir.

Levir também deixou claro que o time precisa melhorar, mas tem elenco para pensar alto na competição. Ao comentar sobre a disputa de vaga no ataque, confessou que reuniu os jogadores e disse para "fazerem justiça".

"Estamos no bolo. Nosso elenco é bom, mas precisamos melhorar um pouco. Podemos pensar alto. Reuni os jogadores ontem. Disse que quero que eles façam justiça. Temos Pedro, Magno, Dourado, Samuel e Richarlison... Façam justiça. Pronto. O cara entra, faz gol, é ele. O Magno foi foi bem, fez o que eu esperava dele."

O treinador ainda aproveitou para exaltar a aproximação que Edson Passos trouxe com a torcida:

"Aqui sentimos calor da torcida. Aqui, apesar de não ser muita gente, os jogadores se sentem bem. Isso é positivo. Parabenizo o torcedor. Sabemos que não é fácil chegar aqui." Completou.

Com a vitória sobre o Atlético Mineiro na noite desta segunda-feira (12), o Fluminense quebrou um tabu de 11 jogos sem vencer a equipe mineira. A última vitória tinha sido em 2010, quando goleou o adversário por 5 a 1 também em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, no estádio do Engenhão. Durante esse tempo foram quatro derrotas e sete empates.