Visando G-4, Fluminense recebe Sport em Edson Passos

Tricolor Carioca conta com apoio da torcida para sair com vitória; Leão terá Diego Souza, ex-Flu

Visando G-4, Fluminense recebe Sport em Edson Passos
Foto: Nelson Perez/Fluminense
Fluminense
Sport
Fluminense: Julio César, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington e Marcos Júnior.
Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Rodney Wallace; Rithely, Paulo Roberto, Diego Souza, Gabriel Xavier e Everton Felipe; Rogério.
ÁRBITRO: Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS), auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (SP).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 28ª do Campeonato Brasileiro a se realizar às 11h, no Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos, na Baixada Fluminense.

O Fluminense recebe, neste sábado (1º), no Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos, às 11h, o Sport pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em busca incansável pelo G-4, o Tricolor chega motivado pela vitória contra o Corinthians, por 1 a 0, em Itaquera. O Sport, por sua vez, na 13ª colocação  também vem de vitória, contra o Santos, e segue buscando se distanciar da zona do rebaixamento. 

Levir repete escalação para enfrentar Sport e enfatiza importância da torcida

Que um dos problemas do Fluminense é a instabilidade nos resultados todos sabem. No entanto, o Tricolor Carioca poderá chegar a sua terceira vitória consecutiva contra o Sport. E, Levir Culpi, em entrevista, declarou da importância da torcida, que marcará presenta em bom número no Estádio Giulite Coutinho. 

"A torcida tem um peso muito grande. Eles tem um peso emocional. Temos que fechar esse apoio com uma boa apresentação", declarou o treinador.

Com a vitória sobre o Corinthians, a esperança de alcançar o G4 e consequentemente voltar a disputa a Libertadores voltou à tona nas Laranjeiras. Questionado, em coletiva, sobre as chances reais, Levir Culpi foi enfático ao dizer que o Tricolor tem chances de alcançar o objetivo.

"São muitas equipes que brigam por G-4. Há uma possibilidade aberta para todos nesse momentos. E isso se consegue de várias maneiras", disse. 

Dentro de campo, recuperado das dores no joelho, o volante Douglas participou normalmente da última atividade antes da partida e não preocupa o comandante, que, na atividade, repetiu a formação que derrotou o Corinthians. Já o goleiro Diego Cavalieri, recuparado de estiramento na coxa esquerda, iniciu nessa semana a transição para a preparação física.

Mudança na marcação: Oswaldo de Oliveira barra Neto Moura e Paulo Roberto ganha a vaga; Diego Souza irá pro jogo

Desde o início do campeonato Brasileiro, o Sport busca alcançar dois objetivos ainda não atingidos. O primeiro é se distanciar da zona do rebaixameto e ocupar uma posição de tranquilidade na tabela. Já a segunda é realizar uma boa campanha fora de casa. Contra o Flumiennse, o Leão busca alcançar ambos, podendo assim abrir distância de seis pontos para o Z4.

Após cinco jogos seguidos como titular, o volante Neto Moura está de volta ao banco de reservas por decisaão do técnico Oswaldo de Oliveira. O escolhido para a vaga foi o também volane Paulo Roberto. A opção do treinador foi justificada pela preocupação com o meio campo carioca, que segundo ele, tem peças leves e agressivas

"O principal motivo é que Paulo Roberto é mais agressivo na marcação, além de ser muito técnico e dinâmico. Neto, como a gente esperava, fez dois jogos muito bons e depois deu uma caída", explicou Oswaldo de Oliveira.

Ídolo do Sport, o meia Diego Souza correu risco de ficar de fora do reencontro com seu ex clube, no entanto, a diretoria do Sport conseguiu efeito suspensivo para o camisa 87 e estará à disposição do técnico Oswaldo de Oliveira. Diego Souza foi revelado nas Laranjeiras e voltou a vestir a camisa tricolor no início da temporada. No entanto, depois de três meses, decidiu voltar a jogar pelo Sport, mas não esconde o carinho especial que guarda pelo clube que o formou. Questionado se irá comemorar caso marque, o jogador não garantiu e declarou que dependerá da recepção que terá da torcida no estádio. 

"A comemoração vai depender da recepção. O carinho que tenho pelo Fluminense é enorme. Tudo que tenho é gracas ao Fluminense, pela oportunidade que me deu e formação. Sem duvida nenhuma, o respeito é grande e comemoração é normal. Se for natural e com respeito. Nunca faltei com respeito com nenhuma equipe", frisou.