Marcos Junior destaca boa fase e não pensa em acomodar com G-6: "Temos que pensar mais em cima"

Atacante marcou um dos gols da vitória do Fluminense contra o Sport, no último sábado, em Edson Passos

Marcos Junior destaca boa fase e não pensa em acomodar com G-6: "Temos que pensar mais em cima"
(Foto: Caio Filho)

Autor de um dos gols da vitória do Fluminense sobre o Sport, no último sábado (1), em Edson Passos, Marcos Junior deu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (3), em Laranjeiras, após o treinamento. O atacante destacou a boa fase do clube e não pensa em diminuir o ritmo por causa do G-6.

"Essas duas vagas motivam mais. Mas temos que pensar mais em cima, quarto, terceiro... quem sabe o título. Faltam dez rodadas. Cada jogo será uma final para nós e queremos terminar bem", garantiu.

Questionado sobre o novo formato da Libertadores em 2017, que fez mudanças no Brasileirão transformando o G-4 em G-6, Marcos Junior manteve o discurso que o pensamento é o mesmo de antes de brigar entre os quatro primeiros colocados.

"Interessante. Fiquei sabendo, mas pensamos no G-4, ficar mais para cima. Depois nós vemos. Em 2017 devem ter mais jogos, mais cansativo", disse.

Confira mais trechos da entrevista coletiva:

Nova posição no esquema tático

"Agora estou jogando de centroavante, que é um pouco diferente para mim. Time está mais veloz, está dando certo. Espero que continue assim."

Briga pelo G-6

"Quem está lá pelo décimo lugar vendo a chance de buscar a vaga vai acirrar mais o campeonato até o final."

Função tática e jogo contra o Santos

"Tem eu, Wellington, Scarpa... nós ajudamos bastante na marcação. Graça a Deus tem dado tudo certo. Meu forte é a velocidade, tenho tentado ajudar, e felizmente deu tudo certo. O jogo contra o Santos será muito difícil. Eles nos venceram antes. Mas esperamos sair com os três pontos."

Gosta de jogar como centroavante?

"Estou titular. Tenho que gostar (da função de centroavante). Vou chegar para o Levir e reclamar? (risos). Estou jogando bastante de costas, mas tenho que ir me virando. Estou motivado."

Entrosamento com Gustavo Scarpa e Wellington

"Temos um entrosamento bom. Fora de casa observamos os jogadores adversários, as táticas, e tudo tem dado certo com Scarpa e Wellington. Temos nos saído bem."