Levir Culpi ameniza declarações de Gum: "Foi só um desabafo"

Treinador garantiu que conversará com o jogador para resolver a situação

Levir Culpi ameniza declarações de Gum: "Foi só um desabafo"
FOTO NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

A derrota do Fluminense por 2 a 1 para o Santos, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, também trouxe consequências negativas extra-campo. O mais afetado parece ter sido o zagueiroGum que se irritou ao ser perguntado sobre uma possível falha individual no lance que resultou no segundo gol paulista. Ciente do ocorrido, Levir Culpi tratou de minimizar a situação. Segundo o treinador, a declaração foi de cabeça quente e não trará maiores prejuízos.

"Ele está precipitado. Foi só um desabafo ali, ninguém erra sozinho. A bola foi muito bem colocada. O Santos teve mérito. Einstein ensinou pra gente que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço", disse.

Questionado sobre as consequências de tal declaração, Levir novamente defendeu seu capitão. O treinador lembrou que todos correm o risco de soltar declarações precipitadas e garantiu que conversará com o jogador para resolver a situação.

"É uma reação perfeitamente normal depois de perder um jogo importante como esse. Somos seres humanos e às vezes nos precipitamos. No jogo, foi muito igual. Estivemos próximos da vitória também. As coisas acontecem. Vamos resolver lá, conversando, frente a frente, sem a imprensa", finalizou.