Peter Siemsen pedirá anulação do Fla-Flu devido a interferência externa

O presidente da equipe tricolor fez o anúncio após a partida e confirmou que entrará com o pedido para a anulação do clássico

Peter Siemsen pedirá anulação do Fla-Flu devido a interferência externa
(Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)

O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, falou - em entrevista à Rádio Tupi - que pedirá a anulação da partida. O mandatário tricolor, que não pode estar presente no clássico devido à problemas de cunho pessoal, alegou nunca ter visto nada do tipo e garantiu que a equipe tomará todas as medidas cabíveis para anular a partida.

Confira na íntegra as palavras do presidente tricolor: "Sem dúvida. Nós percebemos durante toda a filmagem diversas pessoas assediando o juiz e comentando sobre a televisão. Foi uma verdadeira confusão e a decisão dele, sem dúvida, 13 minutos depois, aconteceu em cima de informações externas. Essa partida, na minha opinião, tem de ser anulado e vamos pedir a anulação do jogo. Tomaremos todas as medidas e acredito, inclusive, que o árbitro deveria ser afastado em definitivo. O que eu vi hoje nunca vi. Certamente vamos ingressar com a medida. Já vimos casos, como em 2013 quando um jogo foi anulado por causa disso e vamos trabalhar para comprovar, uma presunção muito forte, que houve interferência externa. Minha esposa está hospitalizada desde sexta-feira, não pude ir ao jogo e recebo esse presente da CBF no meu último ano de gestão" - afirmou o presidente.

Réver parabeniza arbitragem e afirma: "Não interferiu no resultado"

Além de Peter, outro membro da diretoria do Fluminense se manifestou. Desta vez, o diretor de futebol da equipe, Jorge Macedo, que afirmou: "O Fluminense não vai aceitar esse tipo de coisa. De maneira nenhuma." - enfatizou o dirigente tricolor. "Saiu o gol, o bandeira (Emerson Augusto de Carvalho) dá o impedimento. Só que ele achou que foi do Cícero. Ele perguntou para o Sandro quem fez o gol. Como foi o Henrique, ele afirmou que não estava impedido. Mas, estranhamente, acabaram voltando atrás. Houve uma interferência externa bruta."