Com apoio de Parreira, Mário Bittencourt quer profissionalizar futebol do Fluminense

Candidato concedeu entrevista exclusiva à VAVEL Brasil; Eleição presidencial ocorre na segunda quinzena de novembro

Com apoio de Parreira, Mário Bittencourt quer profissionalizar futebol do Fluminense
Com apoio de Parreira, Mário Bittencourt quer profissionalizar futebol do Fluminense

As eleições do Fluminense se aproximam e os candidatos ao pleito presidencial começam a divulgar seus planos para o mandato. Mário Bittencourt, candidato da  'Fluminense me domina' que traz Ricardo Tenório como vice de chapa, concedeu entrevista exclusiva à VAVEL Brasil e comentou sobre as mudanças que deseja fazer no clube. Segundo ele, estar presente para defender o Fluminense nos piores momentos da história recente do Fluminense é seu maior trunfo por não fugir das responsabilidade.

+ Eleição Presidencial: VAVEL entrevista Mário Bittencourt

"Profissionalizar ainda mais o departamento. O departamento já é profissional, mas precisa de uns ajustes. Te falo isso de cadeira pois fui vice-presidente de futebol por um bom tempo e Ricardo (Tenório) também. Então sabemos dessa necessidade de melhorar a sua profissionalização e poder contar com um time de profissionais que possa levar o Fluminense aos grandes títulos. Especialmente um título que a gente busca muito que é a Copa Libertadores. A gente conseguiu o apoio do Carlos Alberto Parreira que será nosso consultor-geral de futebol, será o cara que vai nos ajudar a planejar a parte estratégica. Então, dali teremos o diretor executivo, gerente de futebol, treinador, para fazer um Fluminense líder e vencer que é a missão da nossa candidatura"

Candidato da Fluminense me domina, Mário Bittencourt é um dos quatro concorrentes à presidência do Fluminense para o triênio 2017-2019. Além dele, Celso Barros, Pedro Abad e Cacá Cardoso almejam ao cargo que atualmente pertence a Peter Siemsen, reeleito em 2013. As eleições ocorrem na segunda quinzena de novembro, em Laranjeiras.