Levir vê naturalidade no resultado, mas lamenta: "Nos descontrolamos"

Fluminense foi derrotado por 2 a 1 para o São Paulo, dentro de casa, no Campeonato Brasileiro

Levir vê naturalidade no resultado, mas lamenta: "Nos descontrolamos"
(Foto: Nelson Perez/Fluminense)

A derrota do Fluminense por 2 a 1 para o São Paulo, nesta segunda-feira (17), pelo Campeonato Brasileiro, complicou a busca por uma vaga no G-6. Se a virada sofrida no segundo tempo irritou a torcida Tricolor, o mesmo não se pode dizer quanto a Levir Culpi. Após o jogo, o técnico tratou com normalidade o resultado, afirmando que a circustância foi diferente do que ocorreu na derrota para a Chapecoense, também em Edson Passos.

"Tivemos o jogo até o primeiro tempo em ótimas condições, fomos bem, enfrentamos um time do mesmo nível. O resultado é normal. O que não é normal  é tomar uma virada como foi, a segunda vez aqui em Edson Passos. A outra aconteceu contra a Chapecoense", declarou.

Levir lamentou também sobre o forte calor da partida, que o fez realizar duas substituições por ordem médica. Outro ponto reclamado pelo treinador foi o psicológica da equipe do Fluminense, que se descontrolou após sofrer o gol de empate.

"Tivemos ainda três substituições de ordem física. O time não se coordenou nos noventa minutos. Nos descontrolamos e o resultado negativo pesa muito para o Fluminense. Faltam sete jogos e temos oportunidade para chegar bem na zona do G6, com certeza. Não podemos perder o equilíbrio, manter a tranquilidade e recuperar no próximo jogo", finalizou.

Com a virada do São Paulo por 2 a 1, em Edson Passos, o Fluminense amarga sua terceira derrota seguida no Campeonato Brasileiro. O Tricolor se mantém com 46 pontos e cai para a nona colocação. Desde que o G-4 virou G-6, o Tricolor não venceu. O próximo compromisso é contra o Coritiba, pela 32ª rodada, no domingo (23), às 18h30, no Couto Pereira.