Lançamento da candidatura de Celso Barros à presidência do Fluminense

Lançamento da candidatura de Celso Barros à presidência do Fluminense
Lançamento da candidatura de Celso Barros à presidência do Fluminense

+ Celso Barros anuncia candidatura à presidência do Fluminense com promessa de resultados imbatíveis

Celso Barros oficializará candidatura à presidência do Fluminense. A eleição que definirá o mandatário do próximo triênio do Tricolor acontecerá na segunda quinzena de novembro. Celso garante que consolidará o Flu com equilíbrio financeiro, administrativo e bons resultados no campo.

"Minha paixão pelo Fluminense me impulsiona a ser candidato a presidente. Caso seja eleito, vou consolidar o Fluminense como clube que soma equilíbrio financeiro, organização administrativa e resultados imbatíveis em campo, como aconteceu nos 15 anos da parceria mais significativa que teve o time - disse Celso Barros, em comunicado divulgado por sua assessoria, referindo-se à antiga patrocinadora, a Unimed-Rio"

O Fluminense ainda não divulgou, porém, é possível prever datas importantes no processo eleitoral do clube. A inscrição de chapas devem ser feitas entre 1º e 15 de novembro - algo estabelecido no estatuto. O pleito presidencial tem de ocorrer na segunda quinzena de novembro (16 a 30) - também previsto nas regras internas.

Neste período, há dois sábados, normalmente o dia escolhido: 19 e 26. Os responsáveis por marcar a eleição são os presidentes do clube, Peter Siemsen, e o do Conselho Deliberativo, Marcus Vinícius Bittencourt.

Recentemente, Celso Barros enfrentou problemas internos até ter de deixar a presidência da Unimed-Rio. Uma assembleia geral, em julho, decidiu, de forma unânime, pela destituição de todo o conselho adminstrativo e demais conselhos técnicos da cooperativa de médicos.

Celso, de 64 anos, era presidente desde 1998 e teve as contas de 2014 e 2015 reprovadas pelo conselho fiscal e pelos cooperados. Mesmo assim, nunca se afastou do clube. Recentemente, visitou as obras do Centro de Treinamento do clube, na Barra da Tijuca.

Ex-vice jurídico do Fluminense, o advogado Carlos Eduardo Cardoso, o Cacá, anunciou, em março passado, candidatura à presidência do Tricolor. Ele representa a chapa "Flu 2050". Porém, nos últimos dias, há um movimento de aproximação dele com Pedro Abad, que lançará a candidatura na próxima terça-feira. Abad, atual presidente do Conselho Fiscal, representa o grupo FluSócio, principal apoiador do presidente Peter Siemsen.

A chance de os dois unificarem as chapas é grande. Pedro Trengrouse, do Verdade Tricolor, também já anunciou candidatura. Mario Bittencourt, ex-vice de futebol, é outro provável concorrente ao cargo.

Seja bem-vindo, torcedor tricolor! Acompanhe agora todos os detalhes do lançamento oficial da campanha de Celso Barros à presidência do Fluminense! Fique conosco!