Clássico Vovô? Revelações são destaques e ditam ritmo de Fluminense e Botafogo

Apesar do apelido de 'Clássico Vovô', Fluminense e Botafogo usam as categorias de base para se destacar no Campeonato Brasileiro; Wendel, de 19 anos, e Matheus Fernandes, de 18, são os grandes destaques

Clássico Vovô? Revelações são destaques e ditam ritmo de Fluminense e Botafogo
Arte: VAVEL.com

O clássico mais antigo do futebol do Rio de Janeiro, e apelidado carinhosamente como 'Vovô', já foi decidido por figuras históricas e de renome nacional. Mas, nesta quarta-feira (12), às 21h, no Maracanã, Fluminense e Botafogo se enfrentam em duelo liderado pela nova geração. Wendel e Matheus Fernandes são exemplos que representam Xerém e General Severiano como desafogos das equipes neste Campeonato Brasileiro.

Pelo lado Tricolor, a situação é de dependência para o técnico Abel Braga. Dos 35 nomes no elenco principal, 18 foram formados nas categorias de base. Contra o Botafogo, pelo menos seis serão titulares: Reginaldo, Mascarenhas, Wendel, Gustavo Scarpa, Wellington e Pedro. A média de idade entre eles é de 20 anos. O treinador sempre transmite confiança nos garotos, que sustentam a equipe na sétima colocação do Brasileirão.

"Converso muito com eles. Passo confiança, não cobro nada além do normal de responsabilidade. Digo de comportamento. Quando se tem a bola peço para ser atrevido, moleque. Com a bola é obrigação. Da maneira que a gente se posiciona é como treinamos. Para alguns garotos pode ser que pese, mas a gente procura tirar essa pressão", explica Abel, sobre o uso da base.

Wendel surgiu na Copinha deste ano e assumiu a titularidade (Foto: Divulgação/Fluminense)
Wendel surgiu na Copinha deste ano e assumiu a titularidade (Foto: Divulgação/Fluminense)

Já o Botafogo mescla apostas com os jovens, usando a geração campeã brasileira Sub-20 para as necessidades do técnico Jair Ventura. Assim como o rival desta quarta, não apresenta boa condições financeira para fazer investimentos em contratações e usa a base como solução. Entre os titulares, o zagueiro Igor Rabello e o meia Matheus Fernandes. Mas, no banco, dez atletas vieram de General Severiano.

“Não tenho medo de colocar desde que esteja preparado. Independente da idade, salário, vai jogar. Ele vem treinando bem, me chamou a atenção desde a categoria de base. Tem características interessantes. O importante é não sentir essa transição para o elenco profissional", disse o treinador.

Matheus Fernandes foi campeão brasileiro sub-20 (Foto: Divulgação/Botafogo)
Matheus Fernandes foi campeão brasileiro sub-20 (Foto: Divulgação/Botafogo)

Fluminense FC