Abel Braga e Jair Ventura se enfrentam em duelo de gerações no Clássico Vovô

Com 26 anos de diferença, confronto mescla a experiência e juventude no comando técnico de Fluminense e Botafogo

Abel Braga e Jair Ventura se enfrentam em duelo de gerações no Clássico Vovô
Arte: VAVEL.com

Um dos clássicos mais tradicionais do Brasil vai colocar frente a frente pela terceira vez na temporada dois técnicos em momentos distintos da carreira. Fluminense e Botafogo se enfrentam nesta quarta-feira (12), às 21h, no estádio do Maracanã, em partida que pode definir as pretensões de ambas as equipes no Campeonato Brasileiro.

No comando técnico, o novato Jair Ventura e o experiente Abel Braga duelam visando o pelotão de cima da competição nacional. Com 26 anos de diferença na idade, esse será o terceiro encontro entre um dos nomes da nova geração de treinadores do país, e o outro, velho conhecido do futebol brasileiro. Apesar da discrepante diferença na carreira, quando se fala em resultados, há um equilíbrio na temporada. Até aqui, os confrontos terminaram com uma vitória para cada lado. O que deixa ainda mais interessante o duelo desta noite.

Em sua terceira passagem pelo Fluminense como técnico, Abel Braga tem no currículo dois títulos do Campeonato Carioca (2005 e 2012) e um Campeonato Brasileiro (2012). Terceiro treinador que mais dirigiu o clube, ele já tem seu nome marcado na história com mais de 260 jogos à frente do seu time de coração, como já declarou recentemente. Aos 64 anos, o atual comandante tricolor acumula 32 de carreira, passagens por 18 equipes diferentes e diversos títulos conquistados.

Inverso ao colega de profissão e adversário desta noite, Jair Ventura foi efetivado no comando do Botafogo em 2016. Ex-jogador, assim como Abel Braga, ele iníciou sua passagem no Botafogo como preparador físico, em 2008. No ano seguinte, foi efetivado e se tornou assistente técnico. Com passagens rápidas pela Seleção sub-17, em 2011, e CSA de Alagoas, em 2014, Jair fez grande parte de sua curta carreira no time alvinegro. Filho de Jairzinho, ídolo botafoguense e da seleção, o inexperiente treinador começou a ganhar os holofotes quando, em uma campanha irreparável, classificou o Botafogo para Libertadores e ganhou o prêmio de técnico revelação do Campeonato Brasileiro.

Fluminense FC