Após perder dois zagueiros, Fluminense vence Coritiba fora de casa e encerra sequência negativa

Após quatro partidas sem vencer, o time comandado por Abel Braga conseguiu sair com os três pontos; Reginaldo e Nogueira saíram por contusão

Após perder dois zagueiros, Fluminense vence Coritiba fora de casa e encerra sequência negativa
Foto: Nelson Pérez/Fluminense/Divulgação
Coritiba
1 2
Fluminense
Coritiba: Julio César, Lucas, Nogueira (Renato), Reginaldo (Frazan) e Léo; Orejuela, Marlos Freitas e Wendell; Gustavo Scarpa, Richarlison e Pedro (Marcos Junior).
Fluminense: Wilson; R.Ramos (Dodô), Luizão, Walisson Maia (Thalisson Kelven) e William Matheus; Jonas, Galdezani, Anderson, Berola (Alecssandro), Rildo e Henrique Almeida
Placar: 0-1, Richarlison, aos 31 minutos do 1º T; 0-2, Léo, aos 37 minutos do 2º T; 1-2, Henrique Almeida, aos 46 minutos do 1º T.
ÁRBITRO: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Danilo Ricardo Manis e Miguel Caetano Ribeiro da Costa (SP).
INCIDENCIAS: 14º RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO; JOGO ACONTECEU NESTE DOMINGO (16), ÁS 19h, NO COUTO PERREIRA EM CURITIBA.

Coritiba e Fluminense se enfrentaram na noite deste domingo, no estádio Couto Perreira. A partida teve início às 19h. O Fluminense venceu por 2 a 1, com gols de Richarlison e Léo. O Coritiba descontou com Henrique Almeida. Com a vitória o Flu chega aos 20 pontos na tabela de classificação e está na 9ª posição empatado com o Vasco que tem uma vitória a mais no campeoanto. Já o Coritiba permanece com 19 pontos na 12ª posição. 

Na próxima rodada, o Fluminense recebe o Cruzeiro, no Giullite Coutinho, às 19h30 de quinta-feira. Já o Coritiba, viaja para São Paulo e enfrenta a Ponte Preta, às 21h de quarta-feira, no Moisés Lucareli. Os confrontos são válidos pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Pênalti perdido e golaço de Richarlison 

Com uma formação mais defensiva, o Fluminense começou a partida valorizando a posse de bola, trocando passes no campo de defesa. Logo aos sete minutos do primeiro tempo, Galdezani é derrubado por Marlon Freitas dentro da área. Na origem do lance, o volante do Coxa desarmou Orejuela. O equatoriano pediu falta mas o juiz seguiu com a jogada. Henrique Almeida errou a cobrança chutando por cima do gol de Júlio César! 

A bruxa parece estar solta no Tricolor Carioca, aos 11 minutos Reginaldo sentiu dores na coxa direita. Ele deu lugar para o jovem Frazan fazer sua estreia pelo Tricolor no Campeonato Brasileiro. Já é a 14ª lesão de um jogador do Fluminense em 2017. Após sofrer um pouco na partida, o Fluminense conseguiu sair em jogadas de ataque e o Flu abriu o placar. Scarpa foi à linha de fundo, pela esquerda. Cruzou rasteiro. Richarlison dominou com o pé direito, girou e tirou a marcação de Rodrigo Ramos. A finalização foi com o pé esquerdo, no ângulo de Wilson. Golaço. Fluminense 1 X 0 Coritiba. 

Richarlison abriu o placar para o Tricolor no Couto Perreira (Foto: Nelson Perez / Fluminense)
Richarlison abriu o placar para o Tricolor no Couto Perreira (Foto: Nelson Perez / Fluminense)

Aos 37 de jogo o Flu contou com a sorte e ampliou o marcador. Scarpa fez boa jogada pelo meio, passou para Wendel, que abriu a jogada na esquerda. Léo dominou, invadiu a área e finalizou. A bola desviou em Rodrigo Ramos e enganou o goleiro Wilson. Fluminense 2 X 0 Coritiba. Rildo cobra escateio para o time da casa. A meia altura. Pedro e Richarlison trombam e não afastam a bola. Ela sobra para Henrique Almeida se redimir do pênalti perdido. Gol acontece já nos acréscimos do primeiro tempo. Coritiba vai atrás do empate no segundo tempo. Fluminense 2 X 1 Coritiba.

Segundo tempo de pressão do Coxa

O Fluminense continuou sofrendo com problemas de lesão no segundo tempo. Logo aos três minutos da etapa final, o zagueiro Nogueira pediu para sair. ele ja vinha reclamando de dores no tornozelo desde o fim da primeira etapa. Com isso, Abel Braga recuou o volante Orejuela para formar a dupla de zaga com o jovem Frazan, que entrou no lugar de Reginaldo também lesionado. 

A etapa final foi uma grande pressão do Coritiba pra cima do Flu. Mesmo assim, o time Carioca ainda conseguiu levar perigo ao Coritiba. Richarlison avançou pela esquerda, e a bola chegou até Renato. Da entrada da área, o atleta finalizou forte. A bola passou ao lado do gol de Wilson. Quase o terceiro do Tricolor! O Coxa pressionava em busca do empate. Anderson, pelou direita, perdeu a bola, que sobrou a Galdezani. O chute, de fora da área, passou à direita do gol de Júlio César.

Gustavo Scarpa foi o capitão do Fluminense na partida (Foto: Nelson Perez / Fluminense)
Gustavo Scarpa foi o capitão do Fluminense na partida (Foto: Nelson Perez / Fluminense)

Aos 29 minutos, Rildo invadiu a área, pelo lado esquerdo, e cortou para dentro. Ganhou de Lucas e chutou cruzado. Alecsandro, que havia acabado de entrar, não alcançou e ela saiu pela linha de fundo. Alecssandro quase marca! Dodô cruzou, Orejuela não alcançou, e Alecsandro cabeceia para baixo. O goleiro do Flu faz milagre e espalma para cima. 

Nos últimos lances da partida, o Coritiba teve duas faltas cobradas para a área. Até mesmo o goleiro Wilson foi para o ataque para tentar o gol de empate. Apesar de toda a dificuldade e da pressão no segundo tempo, o Tricolor conseguiu rebater as bolas e sair com os três pontos na partida.