Em noite de homenagens a Abel, Flu vence Atlético-GO no Maracanã e encerra jejum como mandante

Tricolor não vencia em casa desde 3 de junho, quando superou o Vitória, pela 4ª rodada. Treinador recebeu apoio da torcida

Em noite de homenagens a Abel, Flu vence Atlético-GO no Maracanã e encerra jejum como mandante
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Fluminense
3 1
Atlético-GO
Fluminense: Júlio César; Mateus Norton (Robert, min. 43'/2ºT), Henrique, Renato Chaves e Marlon; Marlon Freitas, Wendel e Gustavo Scarpa; Marcos Calazans (Matheus Alessandro, min. 25'/1ºT), Wellington Silva (Peu, min. 33'/2ºT) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.
Atlético-GO: Felipe Garcia; André Castro, Gilvan, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Silva (Jonathan, min. 17'/2ºT), Paulinho, Andrigo (Diego Rosa, min. 30'/2ºT), Jorginho e Niltinho (Luiz Fernando, min. 14'/2ºT); Walter. Técnico: João Paulo Sanches.
Placar: 1-0, min. 14'/1ºT, Wendel. 1-1, min. 23'/1ºT, Paulinho. 2-1, min. 33'/1ºT, Wellington Silva. 3-1, min. 12'/2ºT, Henrique Dourado.
ÁRBITRO: Paulo Roberto Alves Júnior (PR), auxiliado por Bruno Boschilla (Fifa/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR).
INCIDENCIAS: 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogo realizado no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Em noite de homenagens ao técnico Abel Braga, o Fluminense venceu o Atlético-GO por 3 a 1, no Maracanã, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória encerrou um jejum de sete rodadas sem vencer como mandante e fez o Tricolor subir seis posições na tabela.

Antes do início do jogo, a torcida tricolor homenageou o técnico Abel Braga, que perdeu o filho mais novo na semana passada. Em campo, o Fluminense não teve muita dificuldade e venceu o Atlético-GO com gols de Wendel, Wellington Silva e Henrique Dourado.

A torcida tricolor apoiou o técnico Abel Braga durante o jogo. (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
A torcida tricolor apoiou o técnico Abel Braga durante o jogo. (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Com a vitória sobre o Atlético-GO, o Fluminense subiu para a oitava posição com 25 pontos. Já o Dragão, com mais uma derrota no Brasileirão, segue na lanterna com apenas 12 pontos.

Na próxima rodada, o Fluminense visita o Santos, segunda-feira (14), às 20h (de Brasília), na Vila Belmiro. Antes, enfrenta a Ponte Preta, em Campinas, em partida adiada válida pela 17ª rodada. Já o Atlético-GO, volta a campo no sábado (12), contra o Coritiba, no Olímpico, às 16h.

Flu sai na frente, leva o empate, mas vai para o intervalo com vantagem

Jogando em casa diante do lanterna do Brasileirão, o Fluminense não demorou muito para abrir o placar. Aos 14 minutos, Wellington Silva fez a festa com a defesa do Atlético-GO pela direita, caiu na área, mas Wendel deu sequência e marcou o primeiro gol da noite no Maracanã.

Wendel marcou o 3º gol dele no Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Wendel marcou o 3º gol dele no Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Na frente no placar, o Fluminense relaxou defensivamente, como de costume em 17 das 18 rodadas disputadas até o momento. Aos 23 minutos, Walter dominou dentro da área e tocou para Paulinho, o meia aproveitou a falha do zagueiro Henrique e soltou a bomba para empatar o jogo no Maracanã.

Apesar do susto, o Fluminense não teve muito trabalho durante o primeiro tempo. Passou a ter menos ainda depois dos 33 minutos, quando Matheus Alessandro lançou Wellington Silva na direita e o atacante carregou para o meio para acertar bela finalização da entrada da área e desempatar o jogo.

Wellington Silva marcou pela 1ª vez após a negociação com o Bordeaux, da França, não ter sido concluída. (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Wellington Silva marcou pela 1ª vez após a negociação com o Bordeaux, da França, não ter sido concluída. (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Henrique Dourado decide e Flu vence como mandante após dois meses

Sem dar muito susto no primeiro tempo, o Atlético-GO começou assustando na etapa final e por pouco não empatou o jogo aos 11 minutos. Andrigo recebeu cruzamento de Walter, mas a finalização foi para fora. O Fluminense resolveu responder na mesma moeda. No minuto seguinte, aos 12, Marlon foi lançado na esquerda e cruzou para Henrique Dourado, no meio da área, acertar o chute no canto e ampliar para o Flu.

Henrique Dourado virou o artilheiro do ano com 24 gols (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Henrique Dourado virou o artilheiro do ano com 24 gols (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

O gol de Henrique Dourado animou o Fluminense que por pouco não transformou o resultado em goleada aos 21 minutos, quando Wellington Silva avançou em velocidade pela direita e achou Marlon Freitas na entrada da área, mas o chute do volante parou em grande defesa do goleiro Felipe Garcia.

Superior em campo pelo futebol, o Fluminense passou a ficar em superioridade numérica quando Roger Carvalho deixou o campo com dores e o Atlético-GO não tinha mais substituições para realizar. Assim, restou ao Flu fazer o tempo passar e comemorar a vitória ao término do jogo.

Destaque da noite, Abel comemorou a vitória apontando para o céu (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)
Destaque da noite, Abel comemorou a vitória apontando para o céu (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)