Abel Braga comemora classificação diante da LDU: ''Entramos para a história''

Técnico revela choro do presidente Pedro Abad e cilindro de oxigênio no intervalo. Tricolor agora encara o Flamengo nas quartas de final

Abel Braga comemora classificação diante da LDU: ''Entramos para a história''
Abel Braga comemora classificação diante da LDU: ‘’Entramos para a história’’ (Foto: Nelson Perez/FFC)

Foi sofrido, mas o Fluminense conseguiu a classificação para as quartas de finais da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira (21), o Tricolor encarou novamente a LDU e, mesmo com a derrota por 2 a 1 em Quito-EQU, conseguiu avançar de fase. Para o técnico Abel Braga, a classificação tirou um peso dos ombros dos jovens jogadores do Fluminense:

"Tudo isso simboliza a luta e dedicação desse grupo. Entraram para a história, estavam atravessado. Esse grupo conseguiu. Vem a longo do tempo quebrando recordes e tabus negativos. Eles têm conseguido. Essa classificação dará moral grande a essa equipe'', disse o técnico.

Abel Braga também revelou o choro do presidente Pedro Adad no vestiário após a partida, além do cilindro de oxigênio no intervalo – Flu jogou 2.850m acima do nível do mar.

''As lágrimas do presidente no vestiário simbolizam o mar de lágrimas que ficaram nas eliminações para a LDU. Em 2006, com o Inter, a única derrota que tive foi aqui. É difícil (jogar aqui). Não é um treinamento que fará pegar o tempo de bola. Pegamos oxigênio no intervalo e no fim do jogo. Nunca abdicamos da classificação. Não merecemos a vitória, mas merecemos a classificação. A LDU não deixou (o Flu jogar)'', disse o treinador.

Agora, o Fluminense encara o rival Flamengo nas quartas de final, ainda sem data definida: ''Estou feliz por ter o clássico. Já fizemos uma final. Não é qualquer competição que tem clássico em fase decisiva. Imagina agora numa internacional. Isso é tudo o que o torcedor quer'', finalizou Abel.