Henrique Dourado exalta empenho de atletas tricolores no Fla-Flu: "Não faltou entrega"

Atacante tricolor fala sobre o clássico disputado até o apito final, cobra Wendel e já pensa no próximo jogo decisivo

Henrique Dourado exalta empenho de atletas tricolores no Fla-Flu: "Não faltou entrega"
(Foto: Mailson Santana/Fluminense FC.)

O empate de 1 a 1 contra o Flamengo na tarde desta quinta-feira(12), no Maracanã, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro não foi recebido de forma tão negativa assim nas Laranjeiras. Até porque, se o Fluminense apresentar, nos jogos que vem pela frente, a eficiente e a competência do primeiro tempo do clássico de hoje, será quase que certo a conquista dos três pontos. Tomando as iniciativas nos minutos iniciais e com contra-ataque agressivo, o tricolor só não abriu o placar no primeiro tempo por conta da boa atuação do goleiro do Flamengo. Para o atacante, Henrique Dourado, que teve uma oportunidade no final da primeira etapa, a vontade já vêm de outros jogos, mas quando se trata de um Fla-Flu, tudo é diferente.

"Nos outros jogos também não faltou entrega é que, quando se fala de um Fla-Flu, já tem um gosto, sabor diferente. Mas eu acredito que, dentro do que nós havíamos planejado antes da partida, conseguimos executar boa parte, ainda que com um ou outro erro, mas foi um grande jogo como têm sido os jogos de Fla-Flu nesse ano", explicou Dourado.

Com relação ao companheiro de equipe, o volante Wendel, o "Ceifador" preferiu adotar a cautela para falar do menino que, segundo ele, alcançou um nível alto em pouco tempo e, por isso, faltou um pouco de maturidade para controlar o momento. O jogador deixou claro que o volante está só no início da carreira, mas que tem que ter tranquilidade nesses momentos que não virão só agora, no Fluminense mas em qualquer clube que o desejar contar com Wendel.

"Sabemos da qualidade que ele tem. Foi um momento em que houve uma mudança muito radical na vida dele e tem que ter um pouco de maturidade nesse momento porque da mesma forma que foi rápido alcançar o nível e o patamar, o tombo ou a queda é mais rápida ainda. Temos que resgatar ele porque a gente não sabe exatamente o que esta passando na cabeça do menino deve estar passando mas o importante é que a nossa equipe têm conversado e tem deixado bem claro que queremos estar com quem esta comprometido conosco. Então, eu acho que isso foi uma decisão do Abel junto com a comissão e, volto a dizer, é um grande jogador e tem que ter, nesse momento, um pouquinho de tranquilidade, a carreira dele está só no início", disse o camisa nove tricolor.

Para a próxima partida, o Fluminense vai enfrentar o Avaí, no Maracanã. Partida será válida pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro e acontecerá domingo(15). Caso perca, o tricolor pode chegar a zona de rebaixamento mas caso conquiste os três pontos, podera chegar até a 11ª colocação. Nesse confronto direto, Henrique Dourado espera o mesmo empenho mas com alguns detalhes à ser complementados para comemorar a vitória com a torcida, que promete comparecer em grande número ao Estádio.

"Eu acho que a importância está em todos os jogos, de vencer. Nós temos conversado isso, acho que se nós pudessemos, com certeza, queríamos sair daqui com os três pontos, mas agora temos um confronto direto. Esperamos apresentar um futebol que foi apresentado aqui hoje e ainda colocar mais um pouquinho de volume porque sabemos que vão vir com uma equipe muito fechada, mas que a gente possa ganhar os três pontos", finalizou o atacante.

Fluminense FC