Abel questiona arbitragem e elogia atuação do Flu até expulsão de Marlon

Tricolor sai na frente com Pedro, mas fica com um a menos e leva a virada do Cruzeiro no Mineirão

Abel questiona arbitragem e elogia atuação do Flu até expulsão de Marlon
(Foto: Nelson Perez / Fluminense F.C.)

A expulsão de Marlon, aos nove minutos do segundo tempo, não sairá tão cedo da cabeça de Abel Braga. Na derrota por 3 a 1 para o Cruzeiro, no Mineirão, o comandante questionou a arbitragem comandada por André Luiz de Freitas. No lance, o lateral parou a jogada com o braço e, como já tinha o cartão amarelo, acabou expulso. No minuto seguinte, a Raposa virou o jogo para 2 a 1:

''A gente não saiu do lugar, a nível de rebaixamento foi bom, porque é menos um jogo, se manteve a distância. O Cruzeiro valorizou a bola, porque não é uma questão de sofrer o gol, é como sofreu, depois de um problema terrível na expulsão. O árbitro disse que não era pra amarelo. A figura máxima, que comanda, é o arbitro. Ele diz que não é lance para amarelo, pode o de tras falar, mas ele tem ou não tem autoridade para resolver? Ali resolveu o jogo, ficou complicado com o 2 a 1. Fizemos um jogo muito bom no 11 contra 11. Para nós, o jogo teve 57 minutos'', lamentou.

O treinador também elogiou a atuação do Fluminense até a expulsão do camisa 6: ''Nós tivemos as melhores chances. No primeiro tempo foram duas opções mal feitas, poderíamos ter feito mais gols, o jogo se resume até 12 minutos do segundo tempo, na expulsão. O Fluminense foi muito bem até a expulsão.''

Marlon desfalcará o Flu na próxima rodada (Foto: Nelson Perez / Fluminense F.C.)
Marlon desfalcará o Flu na próxima rodada (Foto: Nelson Perez / Fluminense F.C.)

Os gols sofridos de bola parada vêm sendo um problema decorrente no Fluminense. Até o momento, o time foi vazado 15 vezes dessa maneira, sendo o mais vulnerável na competição. Contra o Cruzeiro, o roteiro foi o mesmo.

''Não sei explicar (bola parada), porque nós treinamos. Antes do jogo do Coritiba, nós treinamos bola parada defensiva. Realmente está um índice muito alto, não tenha dúvida. É um fator que tem que melhorar. Nesse jogo passado, do Coritiba, eu tinha uma noção dessa situação, porque estava jogando sem o Richard. No próximo jogo será o Leo, devo manter o Marlon Freitas... A gente já fica com uma equipe com uma estatura diferente'', disse Abel.

Devido à expulsão de Marlon, Gustavo Scarpa acabou sendo deslocado para a lateral-esquerda. Logo depois, foi trocado por Léo: ''O Scarpa joga em qualquer posição, ele está sempre disposto. Achei que começou o Marcos Júnior a mexer muito, subia o Ezequiel, estava fazendo dois contra um, achei melhor colocar um jogador da posição para que nós não tivéssemos problema.''

Com a derrota, o Fluminense desceu mais um degrau na tabela do Campeonato Brasileiro. Agora, é o 13º com 43 pontos. O time volta a campo na próxima quarta-feira (15), quando encara o líder Corinthians, às 21h45 (de Brasília), em São Paulo.