Radar dos emprestados: perto da volta, os nomes que podem ser reaproveitados pelo Fluminense

Giovanni virou heroi no acesso do América-MG, Danielzinho é o grande destaque do Oeste que luta pelo acesso, Igor Julião é o camisa 10 do Samorín... Saiba como está cada um

Radar dos emprestados: perto da volta, os nomes que podem ser reaproveitados pelo Fluminense
FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

A temporada 2017 caminha para seu fim e o Fluminense, que precisa de apenas uma vitória para escapar do risco de rebaixamento, começa a pensar no próximo ano. Após temporada frustrante e o futuro que preocupa devido a atual condição financeira do clube, o Tricolor inicia sua avaliação de reforços pelos atletas que retornam de empréstimo.

De lateral destaque na Série B, passando pelo Samorín, até promessa que começa a vingar, despontam bons nomes para o próximo ano. A VAVEL Brasil buscou informações para resumir a situação dos atletas que podem, ou não, voltar ao Tricolor em 2018. Veja a seguir um resumo de cada um.

Giovanni – lateral-esquerdo – América-MG – Contrato de empréstimo até 30/11/2017 

Após breve passagem pelo Náutico, onde pediu rescisão por conta dos salários atrasados, Giovanni foi reemprestado, para o América MG, treinado por Enderson com quem trabalhou em 2015. Com um bom começo, o jogador garantiu a titularidade e teve papel importantíssimo na campanha do clube mineiro, inclusive marcando o gol que deu o acesso a Série A do ano que vem.

Danielzinho – meia – Oeste – Contrato de empréstimo até 30/11/2017

Depois de uma passagem um pouco apagada em 2016 pelo clube de Itápolis, o jovem meia retornou para a disputa da Série B e tem feito bons jogos, sendo um dos pilares do meio campo e ajudando o Oeste a chegar perto de um acesso inédito. É o vice-líder de assistências do clube paulista, com quatro passes pra gol no brasileiro.

Ayrton – lateral-esquerdo – Londrina – Contrato de empréstimo até 30/11/2017

Titular em todos os jogos do paranaense, Ayrton foi eleito o melhor lateral do torneio e teve boas atuações na Primeira Liga, no qual foi bicampeão, mas dessa vez com o Londrina. Teve regularidade em boa parte do ano e foi um dos destaques do clube paranaense. 

Igor Julião - meia/lateral direito - Samorin - – Contrato de empréstimo até 30/06/2018 

Talvez o grande destaque do novo Samorin, Igor voltou dos Estados Unidos e assumiu a camisa 10 do time eslovaco. Com 3 gols e 3 assistências pra gol, é o nome que mais tem impressionado, sendo o armador da equipe.

Wellington Silva – lateral-direito – Bahia – Contrato de empréstimo até 31/12/2017

Titular em 2016 no Fluminense, começou o ano em baixa, perdendo boa parte dos jogos do Bahia por conta de lesões. Com apenas três jogos, foi submetido a uma cirurgia em maio, no início do Brasileirão e só voltou a ser relacionado agora, no fim.

Edson – volante – Bahia – Contrato de empréstimo até 31/12/2017

Com bons momentos durante o ano e possibilidade de ir a Libertadores com o Bahia, Édson tem agradado no tricolor de aço, marcando quatro gols, sendo um deles em um clássico contra o Vitória. Chegou a sofrer uma lesão durante o Brasileirão, mas logo assumiu a titularidade novamente.

Maranhão – atacante – Ponte Preta – Contrato de empréstimo até 31/12/2017

Pouco utilizado no Fluminense, Maranhão começou como titular na macaca, mas aos poucos foi perdendo espaço e não caiu nas graças da torcida. Desde a chegada de Eduardo Baptista, foi titular em apenas um jogo e sequer entrou na maioria dos outros.

Lucas Fernandes – atacante – Atlético-PR - Contrato de empréstimo até 31/12/2017

Sem conseguir repetir os ótimos números que fez em 2016 pelo Atlético de Autuori, foi reserva em boa parte do campeonato brasileiro e não impressionou. Foram mais de 12 jogos e poucos minuto em campo.

Felipe Amorim – atacante – América-MG – Contrato de empréstimo até 31/12/2017

Em 2017, Felipe retornou justamente ao clube que foi contratado junto ao Fluminense. Porém, o atacante não conseguiu se firmar na equipe mineira e teve poucas oportunidades, sendo a maioria delas no final do campeonato.

Willian – volante – América-MG – Contrato de empréstimo até 31/12/2017

Após bom paulista pelo Mirassol, Willian teve uma passagem discreta pelo América Mineiro, onde, assim como Giovanni, reencontrou seu ex-treinador, Enderson Moreira, mas foi reserva em boa parte dos jogos.

Artur – zagueiro – Paraná – Contrato de empréstimo até 30/11/2017 

Sem grande sucesso nos últimos clubes, Artur não teve um destino diferente no clube paranaense. Só atuou durante o Paranaense e no início da Série B chegou a ser devolvido, mas o Fluminense recusou e o zagueiro permaneceu treinando no clube. 

Thiago André – meia – Tupi – Contrato de empréstimo até 30/11/2017

Thiago chegou ao Tupi junto ao trio Elivélton, Bonilha e Matheus Pato. Sem muitas chances durante o Mineiro, sofreu uma lesão enquanto o clube o jogava a Série C e retornou aos treinos em Xerém. 

Breno Santos – lateral-direito – Samorin – Contrato de empréstimo até 30/11/2017 

Com péssima passagem pelo Metropolitano de Santa Catarina, Breno foi emprestado ao Samorin, mas não conseguiu repetir as boas atuações que tinha na base. Sem grande destaque, mas ainda sim titular, o lateral não deve permanecer na Eslováquia.

Levi – meia – Remo – Contrato de empréstimo até 30/11/2017

Retornando do Samorin, foi emprestado ao Remo, que já fazia seus últimos jogos na Série C e acabou só disputando uma partida. 

Bonilha – meia – Tupi – Contrato de empréstimo até 30/11/2017 

Tendo uma ótima passagem pelo futebol finlandês, o campeão brasileiro sub-20 em 2015, Wallace Bonilha recebeu sua primeira chance em outro clube do futebol brasileiro. Alternando entre a titularidade e o banco de reservas, o volante não teve oportunidades durante a Série C.