Em partida movimentada, Tubarão (SC) vira e vence o Fluminense pela Copa SP

Tricolor carioca joga mal e cede virada aos catarinenses

Em partida movimentada, Tubarão (SC) vira e vence o Fluminense pela Copa SP
Foto: Reprodução
Fluminense
2 3
Tubarão (SC)
Fluminense: Heitor; Diogo, Geovani, Alex, João Vitor; Caio, Rafael Resende, Renato, Carlinhos; Ramon e Evanílson
Tubarão (SC) : Vinícius Cima, Bartell, Clebson, Vinícius Kuerten, Luiz Henrique; Higor, Kelvyn, Roberto e Arthur; Israel Jr. e Zé Vitor
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada do Grupo 8 da Copa SP de Futebol Jr

Na tarde deste sábado (6), o Fluminense enfrentou o Tubarão (SC) em partida válida pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Jr. Precisando apenas de uma vitória para alcançar a classificação, a equipe carioca não fez um bom jogo e a equipe catarinense venceu a partida por 3 a 2, obrigando os Moleques de Xerém a vencerem o Marília(SP) na próxima terça-feira (9), às 14h para avançar à próxima fase. 

Os jogos da Copinha abrem a temporada do futebol nacional. Enquanto as equipes principais estão retornando de férias e iniciando a pré-temporada, as divisões de base roubam a cena e tentam ganhar uma vaga no time principal no restante da temporada. Segundo maior vencedor da Copa São Paulo de Futebol Júnior com cinco títulos, o Fluminense já revelou craques como Marcelo, Thiago Silva e Fabinho, todos atualmente na Europa e na Seleção Brasileira e, em 2018 busca voltar a levantar o troféu da competição mas, principalmente, seguir revelando jovens talentos.  

Em primeiro tempo equilibrado, Fluminense e Tubarão empatam 

Flu foi levemente melhor no primeiro tempo, mas sofreu com a falta de criatividade pra levar perigo ao gol do Tubarão e utilizou bastante a bola aérea. Equipe catarinense não se intimidou com o gol sofrido e pressionou a fragilizada defesa tricolor até o gol de empate. Destaque para Israel Jr, que fez um excelente primeiro tempo e igualou o placar com belo gol. 

Valente, Tubarão soube administrar o jogo e buscou a virada 

Na segunda etapa, o Fluminense melhorou com a entrada de Wendew e Pedrinho, que voltava de lesão e fez um bom jogo, cadenciando o meio-campo e levando perigo nas bolas paradas. Porém o gol sofrido aos 22 minutos, com contribuição do goleiro Heitor, logo após a infantil expulsão do zagueiro Alex, desestruturou os Moleques de Xerém que ficaram vulneráveis defensivamente e levaram o terceiro gol aos 40 minutos em pênalti feito por Ramon. Nos acréscimos, aos 47, em bola alçada na área, o volante Caio descontou de cabeça.

Com o resultado, o Tricolor Carioca estaciona na segunda colocação do Grupo 8 e enfrenta Marília na próxima terça-feira (9) buscando a classificação. Vivo na competição, o Tubarão encara o Mogi Mirim no mesmo dia