Fluminense estreia diante do PSV na Florida Cup

Com o início de ano conturbado, o tricolor carioca começa a sua pré-temporada enfrentando o líder do campeonato holandês.

Fluminense estreia diante do PSV na Florida Cup
(Créditos: Divulgação/Fluminense)
Fluminense
PSV
Fluminense: Provável escalação do Fluminense: Julio César; Renato Chaves, Gum e Reginaldo; Gilberto, Richard, Douglas, Sornoza e Marlon; Marcos Junior e Henrique Dourado.
PSV: Provável escalação do PSV: Zoet, Arias, Schwaab, Isimat e Brenet; Van Ginkel, Hendrix, Pereiro e Bergwijn; De Jong e Lozano.
INCIDENCIAS: Arbitragem: Esteban Rosano, auxiliado por Jonathan Quinter e Madzic Coric (trio dos EUA). Data e horário: sexta-feira, 12 de janeiro, às 19h (22h de Brasília) Local: Spectrum Stadium, em Orlando, nos Estados Unidos.

Na noite dessa sexta-feira (12), as 22h (horário de Brasília), no Spectrum Stadium, o ano de 2018 começa dentro de campo para o Fluminense diante do PSV. Em sua terceira participação no torneio da Flórida, a equipe das Laranjeiras vem de uma temporada irregular e carrega o peso de um início de ano marcado por dispensas de jogadores e disputas judiciais, com jogadores importantes como Henrique, Gustavo Scarpa e Diego Cavalieri conseguindo liminares na justiça para a rescição de seus contratos. Sob esse cenário, o tricolor tem a difícil tarefa de encarar o tradicional PSV Eindhoven, vindo de meio de temporada e de uma derrota para o Corinthians, líder da Eredivisie e grande favorito ao título.

Equipe carioca vai ao jogo com mudança tática no time

O Fluminense deve entrar em campo com muitas das peças que foram titulares ao longo de 2017, com a exceção do lateral direito Gilberto e do volante Jadson, que foram incorporados ao elenco e até então as únicas contratações do clube para a temporada. O técnico Abel Braga, entretanto, pretende testar um novo tipo de jogo contra os holandeses, utilizando o esquema de três zagueiros que irá distinguir bastante da forma como o time jogou na temporada passada. Sendo um esquema pouco utilizado no Brasil, o treinador visa, com isso, aumentar a competitividade do time e corrigir os erros defensivos que marcaram a temporada de 2017 para o Tricolor.

Sem muitas novidades dentro de campo, contando apenas com a vinda do volante Jadson e do lateral direito Gilberto, o comandante tricolor, ao que parece, buscará uma nova filosofia de jogo esquema tático. 

"Teremos uma mudança de sistema tático. E tudo tem a ver com o que aconteceu no ano passado. Não podemos cometer os mesmo erros. Eu tive perdas no elenco, não tive ganhos. Vamos mudar e ter uma forma de jogar diferente do que fizemos e do que se faz no Brasil", revelou Abel Braga. 

Foto: Divulgação/FluminenseFC
Foto: Divulgação/FluminenseFC

Líder do Campeonato Holandês, PSV promete ser adversário duro para o Tricolor

O clube holandês, chegando a Orlando em meio de temporada e já tendo feito uma partida pela Florida Cup, vem a campo contra o Flu com seu time titular e com um estilo de jogo que pode dificultar a vida dos brasileiros. Com a característica de jogar retendo a posse de bola, a equipe comandada pelo experiente Phillip Cocu costuma ser perigosa nos contra ataques, tendo em sua linha de frente o atacante mexicano Hirving Lozano, que é o artilheiro da Eredivisie com 11 gols em 18 jogos. Os “blondes” tem como ponto forte também a jogada aérea,  sendo fortes nos escanteios e cobranças de falta, característica essa que levou a equipe ao gol no final da partida contra o Corinthians, sendo derrotados apenas nos pênaltis.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução