Abad vê saída de Dourado iminente, mas garante: "Interesses do Fluminense serão preservados"

Presidente do Tricolor exalta profissionalismo do atacante, mas diz que aguarda propostas pelo jogador para recuperar investimento

Abad vê saída de Dourado iminente, mas garante: "Interesses do Fluminense serão preservados"
FOTO LUCAS MERÇON/FLUMINENSE F.C.

O Fluminense saiu de campo derrotado nos pênaltis (1 a 1 no tempo normal e 5 a 4 nas penalidades) na partida de estreia da Flórida Cup, nessa sexta-feira (12), diante do PSV, da Holanda. Até então, nada que espantasse qualquer jogador ou torcedor. Afinal, a equipe carioca apenas se prepara para a temporada enquanto seu adversário já lidera o campeonato holandês.

Entretanto, todos os holofotes da partida se voltaram a Henrique Dourado. Dessa vez, não por ter feito gols, mas por ter declarado em entrevista após a partida que deseja sair do Tricolor Carioca. Após o embate, o presidente Pedro Abad se posicionou em relação à declaração do artilheiro. O presidente ressaltou a importância de Dourado para a equipe e o desejo do clube de mantê-lo. 

"Temos que ressaltar o nível extremo de profissionalismo do Henrique, que se apresentou, viajou, se dedicou ao máximo nos treinos e também durante o jogo. Ele deve ser parabenizado por isso. Além disso, sempre foi um atleta com uma postura muito franca. A minha vontade era de que ele ficasse, ele é um simbolo da reconstrução do Fluminense. Um atleta que ,quando chegou, a torcida pegava no pé e ele foi reconstruindo essa imagem", disse Pedro Abad.

Pedro Abad, no entanto, quer recuperar o investimento do clube feito em Dourado. Contratado no fim do primeiro semestre de 2016 junto ao Mirassol-SP, o atacante custou R$6,6 milhões aos cofres do Flu, que fechou com o jogador por quatro temporadas (até 2020).

No contrato, há uma cláusula que, caso chegue uma proposta superior a 4,5 milhões de euros (aproximadamente R$17,5 milhões) e o camisa 9 acerte bases salariais com o time, o Tricolor teria que cobrir a oferta para que o jogador permanecesse no Rio. Desta forma, o Flu estaria adquirindo a outra metade dos direitos que pertencem ao Mirassol. 

"O contrato tem uma cláusula que estipula um valor para a saída. E ou o Fluminense aceita ou compra a outra parte do parceiro. Se chegar a proposta no valor, não vamos criar empecilho. Mas lembro que o Fluminense tem de ter os seus interesses respeitados", concluiu Abad.

Até aqui, Henrique Dourado já participou de 73 jogos pelo Fluminense, marcando 34 gols, sendo 32 apenas na temporada passada, se sagrando o artilheiro do Brasil no ano. O atacante, ao lado de, do Corinthians (hoje negociado com o Nagoya Grampus, do Japão), foi o que mais balançou as redes no Campeonato Brasileiro, com 18 gols.