De Amores: goleiro superou descolamento de retina para brilhar no futebol uruguaio

Jogador de 23 anos precisou passar por procedimento cirúrgico para retornar aos gramados em 2014; contratado pelo Fluminense, uruguaio chega por empréstimo de um ano

De Amores: goleiro superou descolamento de retina para brilhar no futebol uruguaio
De Amores: goleiro superou descolamento de retina para brilhar no futebol uruguaio

Guillermo De Amores é considerado uma das grandes revelações do futebol uruguaio. Luva de Ouro no Mundial Sub-20 em 2013, é tratado pela imprensa local como o provável substituto de Muslera na meta celeste. Mas não apenas de glórias vive o novo reforço contratado pelo Fluminense: aos 20 anos, um descolamento de retina por pouco não acabou com sua carreira.

A lesão foi atípica pois casos semelhantes no futebol acontecem após choques de cabeça. De Amores estava em casa, assistindo televisão, quando passou mal e não conseguia enxergar direito. Após consulta médica, foi comprovada a necessidade de tratamento. A comoção local transformou a recuperação em história de superação.

Especialistas não conseguiram afirmar uma razão específica para o descolamento de retina. As principais suspeitas recaíram para duas possibilidades: um golpe na cabeça sofrido quando tinha 12 anos, ou o estresse da rotina futebolística. A intervenção cirurgia foi realizada em setembro de 2014, no Hospital Britanico Uruguaio.

De Amores durante sua recuperação (Foto: Reprodução/Tenfield)
De Amores durante sua recuperação (Foto: Reprodução/Tenfield)

De Amores foi do céu ao inferno. Do auge no Mundial Sub-20 à pausa de um mês e meio para cicatrização e recuperação. Neste período, ainda veria o Liverpool ser rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Uruguaio. Mesmo com propostas, decidiu permanecer e ajudou o clube a retornar à elite.

Lesões oculares em goleiros tem consequências mais graves que em atletas de linha pela perda de reflexos. Foi a preocupação geral na época, segundo o jornalista uruguaio Santiago Pereira, da Rádio 1010AM. E é isso que torna a história surpreendente: após recondicionamento, De Amores retornou em alto nível. 

"A lesão fez ele ficar um tempo fora dos gramados. Quando voltou, sentiu os problemas com tempo de bola e saída do gol, mas pouco tempo depois voltou ao normal. Conseguiu manter-se a um nível acima da média e não perdeu os reflexos. É um menino de ouro", afirmou o jornalista.

De Amores permaneceu no Liverpool-URU até o fim de 2017, quando rescindiu com o clube devido a salários atrasados. Seu destino seria o Boston River, também do Uruguai, mas uma cláusula no contrato fez com que acertasse com o Fluminense. O goleiro chega por empréstimo de um ano.

De Amores em ação contra o Fluminense pela Sul-Americana 2017 (Foto: Miguel Rojo/AFP)
De Amores em ação contra o Fluminense pela Sul-Americana 2017 (Foto: Miguel Rojo/AFP)